Polícia encontra cocaína dentro da produtora de MC Gui

O cantor se pronunciou oficialmente em nota para esclarecer o caso

Por: Alefy Soares | 08 novembro - 6:01 PM | comentários

Após a revelação que a  3ª Delegacia da Polinter de São Paulo estaria investigando MC Gui por crimes de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e agressão, na tarde desta quinta-feira (08), as autoridades encontraram pinos de cocaína na produtora do funkeiro.

Os policiais vão investigar se a droga tem relação com o funkeiro e se as acusações de agressões prosseguem contra o mesmo.

Em poucos minutos, o caso havia se tornado um dos mais comentados do Twitter. Veja: 

  • 1/6 Imagem: Twitter
  • 2/6 Imagem: Twitter
  • 3/6 Imagem: Twitter
  • 4/6 Imagem: Twitter
  • 5/6 Imagem: Twitter
  • 6/6 Imagem: Twitter

Em seu Instagram, MC Gui divulgou uma nota de esclarecimento. Leia na íntegra:

“Em repeito aos meus fãs, familiares, amigos, imprensa, profissionais que trabalham comigo, contratantes e seguidores, venho por meio desta nota esclarecer sobre a terrível polêmica envolvendo o meu nome.

Quem me acompanha sabe que a minha vida desde cedo sempre foi muito exposta, sempre compartilhei com todos minhas dores, conquistas e vitórias. Sou uma pessoa honesta e íntegra, sempre trabalhei duro para conquistar tudo o que tenho hoje, e graças ao meu trabalho eu e minha família temos tudo o que precisamos. Eu jamais colocaria minha tão sonhada carreira em risco para me envolver em qualquer coisa ilegal e suja.

Eu nunca vou me esquecer nem por um segundo que eu perdi meu irmão, primo e amigos por conta das drogas, elas só trouxeram dor e sofrimento à minha família!

Foto: Reprodução/Instagram

O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil, somente eles tem a competência e capacidade para resolver e mostrar para todos nós os verdadeiros culpados.
Quero aproveitar e pedir desculpas à todos por receberem essas notícias tão tristes e sujas envolvendo meu nome, peço desculpas também por estar longe, infelizmente tudo aconteceu bem nas minhas férias que já estavam programadas desde o início do ano, eu sempre usufruo entre os meses de outubro e novembro, pois final e início de ano a agenda é sempre muito cheia.

Infelizmente eu não posso provar nada no momento, temos que aguardar porque somente a justiça pode esclarecer tudo para todos nós. Só peço à Deus forças e serenidade para passar por mais este obstáculo em minha vida e peço à vocês que me acompanham que também tenham calma porque logo logo tudo será esclarecido.”

A outra investigação

MC Gui, e familiares do músico estão sendo investigados pela 3ª Delegacia da Polinter de São Paulo, por crimes de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e agressão. Segundo o portal R7, o funkeiro e outras 18 pessoas são suspeitas de participarem de um esquema ilegal de leilões falsos de carros.

As autoridades foram à RW Produtora, cujo o dono é Rogério Alves, pai de MC Gui, e cumpriram mandado de busca e apreensão de diversos documentos da empresa. No local, os policiais encontraram pinos de cocaína e um automóvel de luxo avaliado em R$ 800 mil.

Foto: Reprodução/Instagram

“É um crime complexo que envolve agressão, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica”, disse Osvaldo Nico, da DECADE, em entrevista ao programa Brasil Urgente. Leia mais.

Deixe seu comentário