Marcão do Povo fala sobre polêmica com Ludmilla: “Ela que deveria pedir desculpas”

Após ser acusado de racismo, o apresentador disse que foi vítima de armação

Por: João Paulo Soares | 23 abril - 10:57

Apresentador do SBT, Marcão do Povo falou sobre a polêmica com Ludmilla, durante sua participação no programa “SuperPop”, da Rede TV!, na noite de segunda-feira (22). Em 2017, ele foi demitido da Record Brasília após ser acusado de racismo por fazer um comentário sobre a funkeira no “Balanço Geral”.

“Eu usei uma expressão, ‘pé de macaco’, que na minha região é aquela pessoa que desdenha do próximo. Eu citei isso no episódio que ela se passa por Kátia. Se ela não quer ser quem é para tirar foto, não saia de casa”, justificou, em entrevista à Luciana Gimenez.

Foto: Reprodução/RedeTV

Ludmilla posa de lingerie e repara em detalhe na sua calcinha

“Dezesseis dias depois, soltaram isso daí. Eu tinha o convite de uma emissora, para vir fazer um programa em rede nacional. Isso foi montado. Estava crescendo, foi montado, porque não colocaram o teor certo. Editaram para me prejudicar. Eu já estava quase recebendo as passagens para fazer esse programa, aí soltaram isso na internet e eu fiquei chocado, por que eu não fiz nada”, acrescentou ele.

Mesmo depois de anos, Marcão afirmou que não pensa em se entender com Ludmilla. “Não devo favor nem satisfação para ela, ela que deveria pedir desculpas para mim. Se você olhar no Código Penal ou no Google, vai ver que não cometi nada, nem injúria, nem calúnia. As pessoas se aproveitam da cor da pele para tirar proveito das pessoas, querem alguma coisa para sobressair em quem faz sucesso”, afirmou.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você