Maiara e Maraisa relembram dificuldades no começo da carreira: “Pagava para tocar”

Em entrevista, as irmãs também contaram que tiveram que ouvir frases machistas, do tipo "mulher não leva público"

Por: João Paulo Soares | 07 outubro - 12:11 PM | comentários

Na noite de sábado (6), a dupla sertaneja Maiara e Maraisa marcaram presença no “Altas Horas”, da TV Globo. Durante o programa, elas falaram sobre as dificuldades no começo da carreira e o preconceito por serem mulheres.

“Uma semana de divulgação, chegávamos para tocar e de repente o gerente da casa dizia que não ia ter show, cancelava na hora porque não tinha ninguém”, relembrou Maraisa, ao ser questionada por Serginho Groisman.

Foto: Reprodução

Maiara revela que os homens se assustam ao abordá-la: “Tremem nas bases”

“A desculpa era sempre a mesma ‘mulher não leva público’, a velha história”, completou a irmã Maiara.

Serginho Groisman pediu que dupla lembrasse como era se apresentar quando elas ainda não eram famosas.

“A gente tinha que ficar insistindo, pagava para tocar literalmente. Mas era uma coisa tão prazerosa que até hoje [quando] tem shows que estão estourados e tem show que acontece alguma coisa, não tem tanta gente e os contratantes falam ‘como vocês entram na mesma euforia?’. Porque a gente lembra disso, o quanto a gente lutou para conseguir, tem que respeitar”, disse Maraisa. As irmãs, de 30 anos, cantam desde os 14 anos de idade.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você