Metropolitana FM

Mãe de Paulo Gustavo se emociona em missa: “Eu aceito a partida do meu filho, mas peço que Deus me ajude”

Dona Déa Lúcia, mãe do humorista Paulo Gustavo, falecido semana passada vítima da covid-19, chorou na missa de sétimo dia do ator, realizada nesta terça-feira (11) no Rio de Janeiro. Déa afirmou que acredita na fé em Deus.

Discursaram a amiga Susana Garcia, a filha Juliana Amaral e o genro Thales Bretas de Dona Déa. A mãe do ator afirmou que Deus é o que lhe dá forças após a morte do filho. Paulo Gustavo esteve quase dois meses internado no Hospital Copa Star.

“Eu não sou forte como todo mundo diz, a minha força está em Deus. Eu peço a Ele todo dia. Eu creio e aceito na partida do meu filho, mas peço que me Ele me ajude. Me dê forças no meu coração. Eu não sou forte, é a fé”, disse Déa durante a cerimônia. “Foram 54 dias de sofrimento, mas vocês me ajudaram. Um beijo no coração de cada um de vocês queria deixar um beijo pra cada um dos fãs que rezaram para que ele ficasse curado”, disse ainda Dona Déa, chorando.

A mãe do ator cantou “Fascinação” em homenagem ao filho e lembrou de quem perdeu familiares para a doença.

LEIA MAIS DE PAULO GUSTAVO

Na missa de sétimo dia do humorista Paulo Gustavo, o apresentador Fábio Porchat usa máscara com “Fora Bolsonaro”

Danielle Winits desabafa sobre a morte do humorista Paulo Gustavo: “Não morreu de Covid, morreu foi de Brasil!”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

BOMBOU!

Você também vai gostar: