Mãe de Melody fala sobre “sexualização” da filha e faz acusações contra o próprio marido

"Minhas filhas não estão emocionalmente bem", afirmou Glória Severino

Por: João Paulo Soares | 22 janeiro - 12:23

Nas últimas semanas, a funkeira mirim Melody, de 11 anos, esteve no centro de uma polêmica envolvendo a sexualização de sua imagem e, até o momento, a mãe da garota não havia se pronunciado sobre o caso. Nesta terça-feira (22), o jornal Extra conseguiu falar com Glória Severino, de 31 anos, que abriu o jogo sobre o assunto.

A mãe de Melody fez questão de destacar que é contra a sexualização das suas filhas. “Nunca fui a favor [da sensualização]. Sempre fui contra. Reclamava quando elas usavam roupas curtas, mas elas batiam o pé e o pai também. Nunca consegui ser presente nessa questão da carreira das duas porque estava trabalhando. De repente, comecei a ver minhas filhas com muita exposição e erotização. Reclamava muito. O problema é que ele [o pai da funkeira] nunca me escutou”, explicou ela.

Foto: Reprodução/Instagram

Durante polêmica de “sexualização”, Instagram de Melody é excluído

Glória Severino e Thiago Abreu, conhecido como Belinho, moram na mesma casa, em São Paulo. No entanto, a mãe de Melody afirmou que o marido tem um relacionamento extraconjugal e que em breve pedirá a separação.

“Sempre deixei ele [Belinho] à frente da carreira delas. Ele é um bom pai, mas começou a mudar o estilo da Melody principalmente depois desse relacionamento. Tudo passou a piorar do meio do ano passado para cá”, contou ela.

Em seguida, Glória afirmou que foi impedida de interferir na carreira musical das filhas. “As crianças ficam contra mim porque o pai apoia tudo o que elas fazem e eu não. Elas dizem que se a carreira delas acabar, a culpa é minha. Minhas filhas não estão emocionalmente bem. Sempre me senti chantageada”, disse ela, em entrevista ao jornal Extra.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você