Mãe de Medina nega ter fechado instituto e cita desentendimento: “Exigiu que renunciássemos”

Simone Medina afirma que era apenas a presidente, em entrevista à Folha de São Paulo

Por: Karen Ramos | 21 setembro - 13:26

Nas últimas semanas, imagens e discussões sobre o abandono do Instituto Gabriel circularam na web. Em entrevista à Folha de São Paulo, Simone Medina, mão do surfista Gabriel Medina, negou que tenha sido responsável pelo fechamento do projeto, localizado no litoral de São Paulo.

Ela afirma que era presidente da Instituição, mas deixou o cargo após parar de falar com seu filho. “Ele (Gabriel Medina) era o dono do instituto, e eu apenas a presidente, afinal levava o nome dele, enquanto eu trabalhava voluntariamente. Aliás, Gabriel exigiu que eu e Charles (marido de Simone, padrasto e ex-treinador do surfista) renunciássemos aos cargos, e nos proibiu de usar seu nome e imagem”, disse.

O perfil nas redes sociais do Instituo Gabriel não tem atualizações desde julho de 2020. Lá, oferecia aulas de surte para crianças, adolescentes e atletas, educação esportiva, além de campanhas para doações de cestas básicas.

Desde quando o surfista se casou com Yasmin Brunet, o relacionamento entre Gabriel e a família Medina tem sido marcada por desavenças. O casal não segue mais Simone e Charles nas redes sociais, e vice-versa.

Recentemente, após uma polêmica que revelava um desentendimento entre Gabriel Medina e sua mãe, Simone Medina, a mãe do surfista mostrou que tudo está em paz e usou seu Instagram Stories para comemorar o título do tricampeonato mundial de surf do atleta.

LEIA MAIS:

Deolane Bezerra debocha da OAB ao ostentar luxo: “Não é ouro, é banhada”

Patrícia Poeta atualiza fãs sobre sua recuperação após cirurgia: “Evoluindo dia após dia”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você