Luisa Mell entra na Justiça contra médico por cirurgia: “Pior que estupro”

Ativista deve pedir R$ 5 milhões de indenização e mobilizar uma investigação contra o ex-marido Gilberto Zaborowsky

Por: Karen Ramos | 09 outubro - 23:26

Luisa Mell irá processar o médico responsável por uma cirurgia de lipoaspiração em suas axilas sem autorização. A ativista busca uma indenização de R$ 5 milhões.

Em entrevista ao Uol, o advogado Angelo Carbone classificou o ocorrido como “pior que um estupro”. “Ambos a violaram enquanto estava anestesiada e deram sequência a práticas e procedimentos não autorizados, que acumularam prejuízos estéticos irreversíveis. Um verdadeiro crime”, disse o executivo.

Além disso, deve mobilizar uma segunda ação de investigação em torno de alguma relação de Gilberto Zaborowsky, ex-marido da apresentadora, com o caso. O empresário teria autorizado o médico para fazer o procedimento. “Se o marido participou de todo o processo da decisão, ele também precisará responder por isso na Justiça”, afirmou ele.

Recentemente, Luisa Mell entrou com uma medida protetiva de urgência no dia 4 de outubro, baseada na Lei Maria da Penha, contra seu ex-marido Gilberto Zaborowsky, segundo o colunista Leo Dias, do Metrópoles.

Segundo o UOL, que teve acesso aos documentos, Luisa pede que Gilberto mantenha uma distância mínima de 500 metros e o proíbe de entrar em locais frequentados pela apresentadora. O empresário também não pode entrar em contato com a ativista por meios físicos ou eletrônico, nem está autorizado a movimentar bens que pertenciam ao casal antes da separação.

LEIA MAIS:

Após 14 anos, Nathalia Dill confirma saída da Globo e revela motivo: “Muito feliz”

PK Delas é detido em blitz e encaminhado para delegacia: “Não aguentam ver preto vencendo”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você