Ludmilla se revolta após discurso preconceituoso de apresentador: “É inadmissível!”

O assunto deu o que falar nas redes sociais nesta segunda-feira (28)

Por: Laís Mylla | 28 junho - 17:53

A cantora Ludmilla surpreendeu a web após fazer um emocionante desabafo no Twitter, na tarde do último domingo (27), em relação ao preconceito contra a bandeira LGBTQIA+.

Na ocasião, ela criticou o apresentador Sikeira do programa ‘Alerta Nacional’ se referir aos homossexuais como ‘raça desgraçada’ e alegar que o objetivo deles é ‘acabar com a família’ [tradicional]. Em desabafo, Ludmilla criticou o discurso de ódio transmitido na TV aberta: “São por discursos de ódio como esse que diversas pessoas são agredidas e assassinadas todos os dias, um caso bem recente é o da Roberta Silva, mulher trans de 32 anos, que foi QUEIMADA VIVA em Recife e teve 40% do seu corpo atingido. Gente, o que tá acontecendo com a sociedade?”, escreveu.

Em seguida, a artista relembrou os crimes contra os homossexuais no país, a fim de comentar a seriedade do caso: “A LGBTQIA+ fobia se enquadrou enquanto crime para o Supremo Tribunal Federal em 2019. Um discurso desse ser falado em TV aberta é inadmissível! O Brasil é o país que mais mata LGBTQIA+ no mundo”, continuou.

Recentemente, em entrevista a Vogue, Ludmilla contou que está planejando uma gravidez compartilhada com a esposa, Brunna Gonçalves. “Só queremos viver a nossa escolha, o nosso amor e sermos felizes!”, contou. Leia mais!

LEIA TAMBÉM:

Yasmin Brunet revela motivo por ‘aguentar calúnias’ e surpreende web: “Não é por mim”

Bárbara Evans surge irreconhecível após tratamento para engravidar e choca web: “Inchaço”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você