Ludmilla e Lexa são contratadas para festa de ditador africano

Cantoras se apresentaram na festa de Teodoro Obiang Nguema Mbasogo

Por: João Paulo Soares | 26 junho - 11:23 AM | comentários

Ludmilla e Lexa viajaram para a África, onde fizeram na segunda-feira (25), um show para o ditador da Guiné Equatorial. Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, conhecido como Teodorín, está há 35 anos no poder em seu país.

Ele é apaixonado pela cultura brasileira e o oitavo governante mais rico do mundo. Segundo o jornal Extra, Teodorín fretou um voo para as cantoras, que ainda ficaram hospedadas em um hotel de luxo. Tudo bancado pelo príncipe.

Ludmilla publica foto ousada com lingerie avaliada em R$ 3 mil

“Vou cantar no aniversário do príncipe da Guiné”, disse Ludmilla antes de pegar o avião. “A vida é uma loucura, né? Eu nem imaginei que teria passaporte, para começar, e segundo que teria vários carimbos internacionais dele. Hoje, mais uma vez, estou saindo do meu país para fazer o que eu amo que é cantar. Hoje a gente está indo para a África cantar no aniversário do príncipe da Guiné. Estou muito feliz. Minha mãe está indo com a gente. O cara é… muito f***. Ele fretou um voo internacional para a gente ir pra lá quebrar tudo”.

Lexa também publicou fotos em seu Instagram após chegar no país. “Vamos cantar África”, escreveu.

MC Guimê e Lexa comemoram 1 mês de casados com churrasco e jogo da seleção

Teodorín é uma figura bastante polêmica no Brasil. Em 2015, o ditador patrocinou o samba-enredo da escola de samba Beija-Flor, que venceu o carnaval naquele ano.

Deixe seu comentário