Justiça pode reter tudo o que Perlla ganhar em “A Fazenda”

Caso a cantora vença o reality, todo o dinheiro iá para o seu antigo empresário, diz site

Por: Alefy Soares | 28 setembro - 5:36 PM | comentários

Parece que Perlla pode sair do reality show “A Fazenda”, da Record, sem ganhar um centavo. Segundo o Leo Dias, do jornal “O Dia””, a funkeira está com um problema na justiça por não ter pago Alexandre Baptestini, seu antigo empresário.

O processo, que corre na 4ª Vara Cível da Barra, no Rio, manda que a cantora pague quase R$ 1 milhão a Alexandre por ter rescindido o contrato antes do tempo estabelecido. Na época, Perlla havia quebrado o contrato para colocar o até então noivo, Leo Moura, como novo empresário.

Atualmente, levando em conta as correções o valor chega a R$ 1.028.033,32. Em fevereiro deste ano, a justiça já havia determinado a penhora sobre os direitos autorais de Perlla até que alcance o valor integral da execução.

Foto: R7

Até o fechamento desta matéria, os representantes da cantora não haviam se pronunciado oficialmente sobre o caso.

“A Fazenda”: Perlla revela que foi assediada por João Zoli na casa

Durante conversa com Ana Paula  e Nadja Pessoa, na madrugada desta terça-feira (25), Perlla revelou que foi assediada por João Zoli. A cantora contou que se sentiu coagida ao sentir a mão do rapaz descer até suas costas e segurar na cintura sem o seu consentimento.

“Todo homem quer respeito e eu também respeito muito o meu marido. Talvez ele não tenha nem visto maldade, mas na hora me deu um negócio que eu precisava falar, eu me senti coagida”, disse Perlla. “Assediada”, corrigiram Ana e Nadja.

Léo Stronda diz que Gabi Prado tem “postura de piranha”

Foto: R7

“Eu conversei com ele. Eu não contei para ninguém e foi logo no começo. Aí eu fui e falei para ele que eu acho que meu marido não ia achar bacana aquela atitude e nem eu me senti a vontade”, continuou. “No final da conversa, ele disse: ‘então nem vou despedir de você e te dar beijo’. Mas eu falei: ‘não, rapaz, me dá um abraço aqui’. Para mostrar para ele que não tinha nada a ver”, disse.

“Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa”, disse Ana Paula. Perlla continuou: “Se fosse outra pessoa querendo chamar atenção, querendo expor o menino, tinha falado para todo muno ali na mesa”.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você