Instagram censura foto de Letícia Colin de topless e atrizes protestam

Nanda Costa, Samara Felippo e outras famosas compartilharam a foto da atriz contra a censura

Por: Marielle Rojas | 29 novembro - 11:11 AM | comentários

Após Letícia Colin publicar uma foto na capa da revista Marie Claire fazendo topless e falando sobre a luta pela liberdade, a imagem foi censurada no Instagram.

Muitas artistas usaram as redes sociais para protestar contra a atitude. Nanda Costa, Samara Felippo, Monica Torres, Maytê Piragibe e Suzana Pires foram algumas das atrizes que participaram no movimento.

“E se fosse um homem sem camisa? O Instagram censurou nosso perfil tirando do ar a imagem de @LeticiaColin de topless. Segundo a rede social, “removemos algumas fotos de mamilos femininos, mas fotos de cicatrizes de mastectomia e mulheres amamentando são permitidas”. Para nós, não passa de #censura e machismo. #MeuCorpoMinhasRegras #LeticiaColin #freethenipplemovement”, escreveu a revista na rede social.

Confira a repercussão:

Visualizar esta foto no Instagram.

#Censuradas: Na última hora, uma imagem da atriz @leticiacolin de topless publicada no perfil de Marie Claire foi apagada pelo Instagram por não estar de acordo com suas diretrizes. Segundo a rede social: “existem situações em que fotos de seios nus são permitidas, como durante a amamentação, parto e os momentos após o nascimento da criança, mostrando os seios com cicatrizes pós-mastectomia, em outras circunstâncias relacionadas à saúde ou onde o contexto social é claro”. Para Marie Claire, esse posicionamento reforça a hipersexualização do corpo feminino, dando mais força aos estereótipos machistas e todas as consequências negativas decorrentes dele. Por que os homens podem e nós não? #MeuCorpoMinhasRegras #MarieClaireCensurada #LeticiaColin #FreeTheNipple

Uma publicação compartilhada por Nanda Costa (@nandacostareal) em

Visualizar esta foto no Instagram.

#Censuradas: Na última hora, uma imagem da atriz @leticiacolin de topless publicada no perfil de Marie Claire foi apagada pelo Instagram por não estar de acordo com suas diretrizes. Segundo a rede social: “existem situações em que fotos de seios nus são permitidas, como durante a amamentação, parto e os momentos após o nascimento da criança, mostrando os seios com cicatrizes pós-mastectomia, em outras circunstâncias relacionadas à saúde ou onde o contexto social é claro”. Para Marie Claire, esse posicionamento reforça a hipersexualização do corpo feminino, dando mais força aos estereótipos machistas e todas as consequências negativas decorrentes dele. Por que os homens podem e nós não? #MeuCorpoMinhasRegras #MarieClaireCensurada #LeticiaColin #FreeTheNipple

Uma publicação compartilhada por Samara Felippo (@sfelippo) em

Visualizar esta foto no Instagram.

#Censuradas: Na última hora, uma imagem da atriz @leticiacolin de topless publicada no perfil de Marie Claire foi apagada pelo Instagram por não estar de acordo com suas diretrizes. Segundo a rede social: “existem situações em que fotos de seios nus são permitidas, como durante a amamentação, parto e os momentos após o nascimento da criança, mostrando os seios com cicatrizes pós-mastectomia, em outras circunstâncias relacionadas à saúde ou onde o contexto social é claro”. Para Marie Claire, esse posicionamento reforça a hipersexualização do corpo feminino, dando mais força aos estereótipos machistas e todas as consequências negativas decorrentes dele. Por que os homens podem e nós não? #MeuCorpoMinhasRegras #MarieClaireCensurada #LeticiaColin #FreeTheNipple

Uma publicação compartilhada por Monica Torres (@monca_torres) em

Visualizar esta foto no Instagram.

#Censuradas: Na última hora, uma imagem da atriz @leticiacolin de topless publicada no perfil de Marie Claire foi apagada pelo Instagram por não estar de acordo com suas diretrizes. Segundo a rede social: “existem situações em que fotos de seios nus são permitidas, como durante a amamentação, parto e os momentos após o nascimento da criança, mostrando os seios com cicatrizes pós-mastectomia, em outras circunstâncias relacionadas à saúde ou onde o contexto social é claro”. Para Marie Claire, esse posicionamento reforça a hipersexualização do corpo feminino, dando mais força aos estereótipos machistas e todas as consequências negativas decorrentes dele. Por que os homens podem e nós não? #MeuCorpoMinhasRegras #MarieClaireCensurada #LeticiaColin #FreeTheNipple #DonaDeSi 💪🏿💪🏻💪🏽

Uma publicação compartilhada por Suzana Pires (@suzipires) em

Deixe seu comentário