Gil do Vigor diz ‘sentir pena’ de dirigente do Sport que o ofendeu

Flávio Koury fez ofensas homofóbicas contra Gil, que repercutiram na web em defesa do ex-bbb

Por: Sophia Bernardes | 16 maio - 08:21

Gil do Vigor, como ficou conhecido dentro da casa mais vigiada do Brasil, deu uma declaração ao G1 Pernambuco onde falou sobre seus sentimentos após ser vítima de homofobia por um dirigente do Sport Club do Recife, seu time de coração.

“Inicialmente, doeu muito, eu fiquei muito abalado. Só que, depois, eu pensei: ‘Gente, é uma pessoa só’. Eu tenho, na verdade, assim, pena dele. Pena por ele não ter aprendido, não ter absorvido tanto tempo e oportunidades de que preconceito não leva a nada. Então, eu tenho pena dele, é isso que eu sinto”, disse o economista.

Reprodução via Instagram

Os áudios do dirigente Flávio Koury sobre Gil em um grupo de WhatsApp, foram vazados nesta semana, neles haviam reclamações da repercussão da visita do ex-brother ao estádio do time, onde fez a sua dança “tchaki tchaki”.

“1,2 milhões de visualizações. Arretado. 1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem viado, só tem puto, só tem galinha, só tem bicha. É bom, muito bom, um marketing arretado. Vai vender a camisa, rapaz. A viadagem todinha vai comprar, vai ser lindo”, disse Koury em áudio.

Em declaração ao Globo Esporte depois da repercussão negativa, Koury negou ter postura homofóbica, de acordo com ele, sua posição foi ser contra a dança de Gil no gramado.

LEIA MAIS

Ex-BBB Gil do Vigor faz desabafo sobre ataques homofóbicos: “Ainda machuca muito!”

Mãe de Gil do Vigor, recebe a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e comemora: ‘Estou muito feliz’

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você