Geisy Arruda revela quantas vezes já fez sexo em apenas uma noite: “Até no meio da rua”

A celebridade ainda revelou que aprendeu a nunca dizer "nunca" na cama

Por: Alefy Soares | 30 outubro - 3:35 PM | comentários

Geisy Arruda, figura que sempre gera polêmica nas redes sociais ao contar com detalhes suas aventuras sexuais, voltou a comentar sobre a suas intimidades durante entrevista, cedida à revista Quem, na tarde da última segunda-feira (29).

A musa foi questionada se nunca sentiu vergonha de falar sobre sexo em seu Instagram e durante entrevistas: “Nunca senti vergonha alguma. Como boa geminiana, falar nunca foi problema para mim. Sou extremamente comunicativa. Para mim, é algo muito natural. Muito normal. O jeito como eu lido com a minha sexualidade é muito transparente e verdadeiro. Eu gosto de sexo e quando você gosta de algo, você não vai ter problema de falar sobre aquilo. Nunca terei vergonha ou medo de falar sobre isso”, disse.

Seguidor diz que Geisy Arruda anda pelada e celebridade rebate

Geisy também comentou que só ficou muito tempo sem sexo após uma cirurgia: “O máximo que eu passei sem foi depois da cirurgia, até porque estava cheia de pontos. Foram dois meses. O máximo foram cinco vezes na mesma noite! “.

Foto: Reprodução/Instagram

Segundo a celebridade, sexo na praia e outros locais públicos é uma das coisas que mais a excita: “Eu gosto de transar em lugares públicos. Adoro sexo na praia. Acho que, independente do lugar ser inusitado, o mais importante é estar com alguém que você gosta e que tenha química. O lugar mais perigoso foi no meio da rua, numa praça. Deu muito medo de ser pega. Não é algo indicado, mas é um fetiche”.

O que não pode faltar no sexo? Geisy deixa claro que beijos são essências: “Muito beijo. Eu gosto muito de beijar. Tem que ter no começo, durante e no fim. Sou muito beijoqueira. Beijo na boca é essencial, não pode faltar”.

  • 1/6 Foto: Reprodução/Instagram
  • 2/6 Foto: Reprodução/Instagram
  • 3/6 Foto: Reprodução/Instagram
  • 4/6 Foto: Reprodução/Instagram
  • 5/6 Foto: Reprodução/Instagram
  • 6/6 Foto: Reprodução/Instagram

Ela ainda deixou claro que é aberta a fazer tudo no sexo: “Tudo é possível e permitido no sexo desde que você queira experimentar e esteja disposto a tentar. Eu aprendi a nunca dizer nunca. Eu sempre pensei que nunca ia bater em alguém no sexo até que alguém pediu um tapa. Pra mim, foi estranho. Mas a pessoa adorou. Às vezes, você faz alguma coisa que não entende muito bem, mas se der tesão pra outra pessoa, você pode tentar. Um tapinha não dói. Um relacionamento tem a ver com entrega”.

Deixe seu comentário