Fontenelle é criticada após comentário sobre assassinato de Rafael Miguel: ”Mulher nojenta”

A apresentadora está sendo atacada nas redes sociais após o comentário

Por: Alefy Soares | 10 junho - 18:51

Antônia Fontenelle deixou internautas bravos na tarde desta segunda-feira (10). A apresentadora usou o seu Instagram para criticar Isabela, a namorada de Rafael Miguel, que foi assassinado.

Tudo começou quando Isabela divulgou um longo texto declarando todo o seu amor por Rafa, mas em seguida recebeu um comentário de Fontenelle questionando como ela conseguiu escrever tudo isso em menos de 24 horas da morte do rapaz.

“Como consegue escrever esse tanto em menos de 24 horas após uma tragédia dessas? Quando meu marido faleceu, fiquei três meses zonza, mal falava”, comentou a loira.

Namorada de ator de “Chiquititas” se pronuncia após assassinato: “Lutamos juntos até o final”

Foto: Reprodução/Instagram

Nos comentários, os internautas ficaram revoltados com o questionamento de Fontenelle: “Quanta falta de sensibilidade! Cada um expressa sua dor de uma forma. Antônia Fontenelle foi infeliz no comentário. Querer que as pessoas ajam da mesma forma, mediante uma dor, é no mínimo ignorância”, escreveu um. “Nenhum luto é igual. Cada um tem sua maneira de sofrer. Não é sumindo do mundo ou mostrando “depressão” que você sofre mais ou menos”, comentou outro.

Até o fechamento desta matéria, Fontenelle não se pronunciou sobre o caso.

Namorada de ator assassinado revela que ele tentou defender a mãe: “Entrou na frente”

Em entrevista ao jornalista Luiz Bacci, a namorada de Rafael Miguel, Isabela Tibcherani, de 18 anos, contou mais detalhes do que aconteceu em sua casa, neste domingo (9), onde o ator e seus pais foram assassinados pelo sogro,  Paulo Cupertino Matias.

“Eu acredito que o Rafael tentou proteger a mãe dele, entrou na frente. Foi um anjo (…) Ele falava que ia me proteger, me salvar, me tirar daquela casa. Uma vez, ele falou que tomaria um tiro para me proteger”, disse ela no áudio divulgado pelo jornalista.

Foto: Reprodução/Instagram

Isabela também contou que estava ajudando Rafael no tratamento da depressão. “Sim, ele estava se tratando. Eu o ajudei e motivei a continuar fazendo terapia.”, afirmou.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, divulgadas pelo G1, o jovem teria ido junto com os pais João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, conversar com a família da namorada dele sobre o relacionamento.

Em suas redes sociais, Isabela também se pronunciou sobre o assassinato. Leia o texto completo.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você