Felipe Neto é acusado de transfobia após publicar vídeo polêmico

Assessoria do youtuber se pronunciou sobre o caso.

Por: João Paulo Soares | 13 setembro - 10:58 AM | comentários

Felipe Neto, um dos youtubers mais famosos do país, voltou a ser alvo de polêmica por causa de um vídeo considerado transfóbico. No último domingo (9), o influenciador postou um vídeo em que ele tenta adivinhar se as pessoas “nasceram homem ou mulher”. Na manhã desta quinta-feira (13), a publicação já ultrapassou a marca de 2 milhões de views.

Vídeo de Felipe Neto é um dos mais assistidos nas últimas semanas em site pornô

Durante a “brincadeira”, que Felipe Neto nomeou de “teste seu conhecimento: é homem ou mullher?”, o digital influencer tenta adivinhar o gênero de algumas pessoas, apenas olhando as fotografias. No início do vídeo ele explica que está apenas falando de “sexo biológico” e que não pretende polemizar. No entanto, em algumas partes da publicação, o youtuber faz comentários do tipo “se for um homem eu vou ficar bolado porque eu achei atraente” e “parece um homem que tem pep*ca”.

Outros youtubers, sobretudo assumidamente transgêneros, repudiaram o vídeo e a assessoria do Felipe Neto se pronunciou.

“Tratava-se de um jogo baseado em questionar se alguém era de fato uma mulher ou homem, ou se era alguém que parecia uma mulher ou homem, fosse com maquiagem, produção ou por mera semelhança, e não por serem transexuais (…) Quanto às pessoas ofendidas, Felipe Neto se desculpa e informa que não teve, em momento algum, qualquer intenção de ofender, até por isso a sua equipe foi orientada a não colocar pessoas transexuais no vídeo, diz trecho do comunicado.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você