Família realiza missa de sétimo dia para Eva Wilma na Paróquia Nossa Senhora do Brasil

A cerimônia foi transmitida pelo canal no YouTube e Instagram da Paróquia Nossa Senhora do Brasil

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 21 maio - 14:01

A família de Eva Wilma, que faleceu no sábado (15), aos 87 anos, após uma luta contra um câncer de ovário, realizou a missa de sétimo dia da artista nesta sexta-feira (21).

A cerimônia foi transmitida pelo canal no YouTube e Instagram da Paróquia Nossa Senhora do Brasil. Eva deixou três filhos e cinco netos.  

  • 1/2 Gabriela, neta de Eva Wilma, na missa de sétimo dia para a atriz / Foto: Reprodução YouTube
  • 2/2 Família realiza missa de sétimo dia virtual para Eva Wilma / Foto: Reprodução YouTube

“Ela frequentava a missa aos domingos. Sentava no primeiro banco, não queria ser distraída por ninguém porque era o momento que ela se unia a Deus. Ela era uma verdadeira dama do teatro, mas talvez poucas pessoas conheçam a fé dela. Eva frequentava a paróquia desde 1940, quando a igreja estava sendo construída, veio pelas mãos do pai. Era extremamente simples, fazia parte do coro e nos emocionou por vários anos na semana santa, na sexta-feira santa. Era uma mulher que tinha fé em Jesus Cristo. Rezamos a santa missa porque acreditamos que a morte não é o fim da nossa existência. Eva Wilma será eterna neste mundo pela obra cultural que deixou, será eterna nos vossos corações, mas, sobretudo, será eterna no reino do céu”, afirmou o padre que celebrou a missa.

Gabriela, neta de Wilma, fez uma homenagem para avó no final da cerimônia. ““Em nome da minha família, venho deixar uma mensagem nesse momento tão importante. A despedida é difícil, fica uma saudade gigante. Falei isso para ela e falei que ela viverá para sempre em mim, em cada membro da nossa família e em todos nós que tivemos o prazer de conhecê-la. Ela deixa um legado eterno, será lembrada para sempre. Cumpriu honrosamente todas as funções: foi mãe, filha, esposa, madrasta, tia, chefinha, foi Ruth, Raquel, entre tantas personagens”, disse ela, que finalizou lendo o texto ‘A morte não é nada’, de Santo Agostinho. “Uma salva de palmas para ela”, pediu Gabriela.

LEIA MAIS

Em meio a tragédias, Ana Maria Braga faz um desabafo sobre o luto: ‘Que tempos sombrios’

Fábio Porchat visita placa da rua Paulo Gustavo: “Olha você aqui. Eu te amo muito”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você