Fã questiona se Paula prefere Hari ou Pippa, sua porquinha, e ex-BBB dispara: “São quase gêmeas”

A sister deixou claro que ainda sente ciúmes de Hariany

Por: Alefy Soares | 16 abril - 18:51

A campeã do BBB19, Paula, que recentemente prestou depoimento em delegacia, respondeu algumas questões dos fãs nas redes sociais tanto sobre o reality show quanto a sua relação polêmica com Hariany.

Um fã começou perguntando se a ex-BBB prefere Hari ou Pippa, sua porca de estimação, e a resposta da ex-BBB deu o que falar: “Uma é minha filha e a outra é minha amiga. Por coincidência as duas fazem aniversário (perto), uma dia 21 e a outra dia 22 de setembro. As duas são quase gêmeas e elas dividem um lugar no meu coração”.

Assista ao momento: 

A campeã do reality show também assumiu ter ciúmes de Hari: “Falando a verdade, eu tinha [ciúmes]. Porque a gente sempre foi muito junta e quando a gente começou a fazer outras amizades na casa, via ela com a Gabi e falava: ‘Oh, amiguinha, volta pra mim’. Mas era na brincadeira, mas tinha um pouquinho sim (de ciúme)”.

Paula também avaliou o seu jogo e postura durante o BBB19: “Tenho certeza que fiz um bom jogo porque meu objetivo sempre era ir para a Final com a Hari e depois ir pra Final com Hari e Carol e queira ou não, a gente chegou. Nós três conseguimos ser as finalistas do BBB, de um jeito muito torto. Não [imaginava ganhar o BBB], porque eu falava demais. Todo Paredão eu achava que ia sair. Quando eu fui voltando, percebi que eu, Hari e Carol estávamos fortes. Isso daí eu tinha certeza”.

MAIS SOBRE PAULA 

Paula revela que não se inscreveu para o Big Brother Brasil: “Acabou que eu fui”

Paula desiste de ir em encontro com ex-BBBs após sofrer ameaças

Hariany diz que não aceitará ajuda financeira de Paula: “Pode doar para caridade”

Paula presta depoimento em delegacia

Campeã do “BBB19”, Paula Von Sperling prestou depoimento na tarde de ontem (15), na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Rio de Janeiro. A mineira, que ganhou o prêmio de R$ 1,5 milhão, está sendo investigada por ter feito comentários de intolerância religiosa enquanto estava confinada no programa.

Paula chegou à delegacia por volta das 16h e seu depoimento durou mais de duas horas. Ao final, a ex-BBB deixou o local acompanhada da irmã, sem falar com a imprensa e com o rosto coberto.

  • 1/2 Foto: Francisco Silva/AgNews
  • 2/2 Foto: Francisco Silva/AgNews

Em entrevista à revista QUEM, o delegado titular Gilbert Stivanello, falou sobre o depoimento. “A Paula foi ouvida, o depoimento foi longo e já temos elementos suficientes para a elaboração do inquérito. Devo encaminhá-lo para a Justiça ainda esta semana. O depoimento rendeu algum tempo porque ela assistiu ao vídeo do programa, teve uma manifestação livre sobre o episódio e depois foi interrogada”, disse ele.

No dia 6 de fevereiro, durante uma conversa, Paula fez uma série de comentários que foram considerados preconceituosos por parte do público. A sister disse ter medo do carioca Rodrigo por ele ter contato “com esse negócio de Oxum”, e afirmou: “Nosso Deus é mais forte”.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você