Ex-BBB Laércio, condenado por estupro, cumpre pena até hoje

O caso lembrou o ocorrido com o biólogo Vanderson

Por: Alefy Soares | 24 janeiro - 14:53

Em 2016, o Big Brother Brasil deixava os fãs em choque ao descobrir que o participante Laércio, designer de tatuagens de 53 anos, havia sido desclassificado e preso por acusações de estupro e importunação.

O brother está preso até hoje cumprindo uma pena de 12 anos de prisão por estupro de vulnerável na Casa de Custódia de Curitiba, no Paraná. Segundo o Tribunal de Justiça, ele já cumpriu 2 anos e 9 meses de sua pena.

Imagem: TV Globo

Em conversa cedida ao jornal Extra, pouco antes de ser preso, Laércio havia comentado sobre as acusações de aproximações com menores de idade:

“Não é uma questão de preferência, mas, sim, de oportunidade, pois eu frequento baladas, lugares em que, geralmente, são frequentados por mulheres mais novas. Não peço pra ver a carteira de identidade para ficar com uma mulher. Se ela está na balada, sei que tem acima de 18 anos”, disse.

Delegada responsável pelo caso de Vanderson, do BBB19, se pronuncia sobre prisão preventiva

Já a mãe do ex-BBB, a aposentada Regina de Moura, de 77 anos, afirma que ele é inocente e que sua defesa irá provar: “Essas meninas armaram contra ele. Estão investigando a vida dele, mas ninguém achou prova alguma. Estamos aguardando, se Deus quiser tudo vai se resolver”.

O caso de Laércio lembrou as acusações de agressão e estupro de Vanderson, que foi desclassificado após ser intimado pela polícia para prestar depoimentos. Recentemente, o ex-BBB se pronunciou oficialmente sobre tudo o que está ocorrendo.

Imagem: TV Globo

“Pessoal, queria muito agradecer todo mundo que estava comigo, tentou me ouvir. Sei que rolaram umas histórias estranhas, mas isso é bobagem, né. Cada um fala o que quer. Só existe uma verdade na vida. As verdades surgirão. Não vim aqui pra fora pra nada além de dizer a verdade”, começou ele. Leia o pronunciamento completo.

 

Deixe seu comentário