Esposa de Cocielo manda recado para internautas no Instagram

Tatá Estaniecki resolveu se pronunciar sobre as acusações de racismo

Por: Alefy Soares | 05 julho - 3:52 PM | comentários

Acusado de racismo, o youtuber Júlio Cocielo publicou um vídeo na manhã desta quinta-feira (05), para pedir perdão aos seguidores. Após a publicação do vídeo, que contou com cerca de 1 milhão de curtidas e 44 mil dislikes,  Tatá Estaniecki esposa do rapaz, se pronunciou pelo Instagram Stories.

Bruno Gagliasso tem tuítes polêmicos divulgados após pedir boicote à Cocielo

“Bom, em consideração a todas as pessoas que estão mandando mensagens fofas, de apoio e de carinho, eu resolvi fazer esses Stories e dar uma posição. O Júlio errou, sim. Ele é ser humano como todos nós, sujeito a erros a qualquer instante. Ninguém passou a mão na cabeça dele aqui, ele está sofrendo as consequências. E o que eu tenho mais certeza nisso é que ele mais do que ninguém aprendeu e evoluiu. E ele até fez um vídeo no canal dele se explicando, falando sobre, se vocês tiverem interesse de ver…”, disse.

“E eu como esposa posso falar que ele não é essa pessoa que parece por aí. Ele é uma pessoa de um caráter maravilhoso, eu não me casaria com uma pessoa que fosse diferente disso. A gente tava meio sumidinho porque nessas horas é bom ficar com os amigos e com a família. A gente vê realmente quem é quem. Que sirva de lição para todos nós, que a gente possa pegar isso de exemplo para nossas vidas e que a gente perceba cada vez mais que uma ignorância não se resolve com ódio, com palavras ruins, e sim com amor e educação, conhecimento, carinho, que a partir do momento que a gente aponta o dedo pra uma pessoa e fala um trilhão de palavras de ódio, a gente está fazendo o mesmo que ela, a gente está errando”, continuou Tatá.

“Tenho certeza que todo mundo evolui, todo mundo cresce, todo mundo aprende. Às vezes a gente aprende no amor e às vezes com a dor, faz parte”, finalizou.

Até o fechamento desta matéria, o vídeo de Cocielo conta com mais de 3,7 milhões de visualizações no Youtube.

Entenda o caso

No sábado (30), Júlio Cocielo foi acusado de racismo por internautas. O youtuber, que estava acompanhando as oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, comentou alguns lances da partida entre França e Argentina e mencionou o jogador Kylian Mbappé em um de seus tuítes.

“Mbappé conseguiria fazer uns arrastões top na praia”, escreveu Cocielo.

 

 

 

 

 

Não demorou para que sua publicação fosse compartilhada por centenas de usuários e duramente críticada. “Se fosse o Antoine Griezmann ou o Cristiano Ronaldo seria: ‘Corre para car*lho’. Mas como é o Mbappé é arrastão. Racismo velado é isso! Branco correndo é atleta, negro correndo é assalto”, disparou um internauta. “Júlio Cocielo foi racista, sim. Não adianta dizer que não foi a intenção”, afirmou outro usuário.

Leia mais

Deixe seu comentário