Emilia Clarke fala sobre os dois aneurismas cerebrais que sofreu durante “Game of Thrones”

Atriz chegou a pedir para os médicos deixarem ela morrer

Por: Gabriela Orsini | 21 março - 17:01

Emilia Clarke nunca tinha realmente falado sobre o aneurisma cerebral que teve anos atrás, mas a atriz decidiu abrir o coração sobre o assunto. Em entrevista ao The New Yorker ela revelou tudo o que aconteceu e sentiu na época.

O primeiro aneurisma que Emilia teve foi em fevereiro de 2011, algumas semanas depois que ela tinha terminado de gravar a primeira temporada de “Game of Thrones”, e aconteceu quando ela estava na academia. “Meu treinador falou para fazer a prancha e imediatamente eu senti como se um elástico estivesse apertando meu cérebro. Consegui chegar ao vestiário e fui para a privada, cai nos meus joelhos e vomitei muito. Enquanto isso, a dor intensa estava piorando. Em algum momento eu soube o que estava aconteceu, que meu cérebro estava com problemas” revelou a atriz.

Teoria aponta que Drogon faz parte de uma profecia importante de “Game of Thrones”

Ela então foi levada para o hospital, onde diagnosticaram o aneurisma e ela teve que passar por um procedimento “minimamente invasivo” para estancar o sangramento. Mas ela teve uma sequela, afasia, que a fez esquecer algumas coisas, como seu próprio nome. “Meu nome completo é Emilia Isobel Euphemia Rose Clarke, mas na hora eu não conseguia lembrar. Apenas palavras sem sentido saiam da minha boca e eu entrei em pânico. Eu nunca senti tanto medo. Eu não conseguia ver minha vida no futuro, e não valia a pena viver. Eu sou atriz, eu preciso lembrar minhas falas, e não conseguia lembrar meu nome” desabafou a intérprete de Daenerys.

O mais chocante para os fãs, é que nesse momento Emilia cogitou se deixar morrer, e ela revelou que pediu para a equipe médica que deixassem isso acontecer. Isso porque ela estava com tanto medo de não conseguir viver normalmente e não poder mais ser atriz que não via sentido em continuar viva. Mas por sorte a afasia passou em uma semana e ela teve alta do hospital um mês após sua internação.

Na sequência começaram as gravações da segunda temporada de “Game of Thrones”, e Emilia revelou que foi muito difícil conseguir trabalhar naquele momento. “Eu não sabia o que Daenerys estava fazendo. Sendo honesta, a cada minuto de cada dia eu pensava que iria morrer”. E, infelizmente, dois anos depois, ela teve outro aneurisma e mais uma vez teve que fazer a cirurgia.

Trailer da oitava e última temporada de Game Of Thrones está enlouquecendo a galera

Mas dessa vez, a técnica utilizada antes não deu certo, e os médicos tiveram que realizar um procedimento mais invasivo. “A recuperação foi ainda mais dolorosa que tinha sido da primeira. Eu estava convencida de que não iria sobreviver”. Emilia ainda disse que teve muitos ataques de pânico por conta de sua situação, mas que “se curou além de desacreditar”.

Ainda bem que ela segue viva e feliz, e solidária com quem está passando pelo mesmo que ela, já que Emilia criou uma instituição de caridade chamada “SameYou”, para ajudar essas pessoas. E lembrando que poderemos vê-la uma última vez como Daenerys Targaryen na última temporada de “Game of Thrones”, que estreia dia 14 de abril!

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você