Em estreia de Marta, Brasil perde de virada para a Austrália

As brasileiras abriram vantagem, mas foram superadas pelas australianas

Por: Marielle Rojas | 13 junho - 15:08

Nesta quinta-feira (13), a Seleção Brasileira de Futebol Feminino perdeu para a Austrália por 3 a 2, no Stade de la Mosson, em Montpellier, na França. O Brasil abriu vantagem no placar de 2 a 0, com Marta e Cristiane, mas após falhas e gol contra, as australianas garantiram sua primeira vitória na Copa do Mundo.

No início do primeiro tempo, o Brasil encontrou dificuldades para encaixar seu jogo, com marcação alta da Austrália. Porém, o time se manteve bem postado em campo e encontrou espaço para abrir o placar. Aos 27 do primeiro tempo, Knight puxou a camisa de Letícia dentro a área e a árbitra marcou pênalti para o time de Vadão. Na cobrança, Marta bateu bem e deixou as brasileiras na frente.

Não demorou para Cristiane ampliar. Após boa roubada de bola de Tamires e caneta em Gielnik, ela lançou para Debinha que encontrou Cristiane na área, mandando de cabeça para o fundo da rede, aos 37. Ainda na etapa inicial, as australianas deram a resposta. Aos 46, Foord entrou entre a zagueira Mônica e a lateral Tamires e empurrou para o gol.

Foto: Divulgação/CBF

Na volta do intervalo o Brasil veio com mudanças, Marta e Formiga saíram para a entrada de Ludmila e Luana. O time sentiu as alterações e caiu de rendimento. A Austrália pressionou, até que conseguiu o empate aos 12 minutos, com um chute de fora da área de Logarzo. A goleira Bárbara esperou o desvio, que não aconteceu, e não chegou a tempo para fazer a defesa.

As brasileiras não conseguiram impor o ritmo do primeiro tempo e continuaram levando sufoco. Aos 23, a Austrália levantou a bola na área e Mônica desviou contra de cabeça, no cantinho do gol. O VAR foi chamado pela condição de impedimento de Sam Kerr, mas como ela não encostou na bola, o gol foi validado.

Foto: Divulgação/CBF

Após a partida, em entrevista, Cristiane falou sobre as dificuldades do Brasil no jogo: “Demos uma desligada, nos perdemos nas trocas das meninas. Recuamos demais. Desligamos e simplesmente apagou de novo, coisa que não pode acontecer. Jogo tão importante, 2 a 0, apagar desse jeito. Tinha que manter do jeito que estava e não conseguimos fazer isso”.

Por enquanto, a seleção brasileira segue líder do grupo D, com 3 pontos, empatada com Austrália e Itália. Jamaica é a lanterna do grupo e ainda não pontuou na competição. A próxima partida do Brasil será contra a Itália, na próxima terça-feira (18), às 16h (horário de Brasília), no Stade du Hainaut, em  Valenciennes.

Deixe seu comentário