Demi Lovato teve overdose da mesma droga que matou Prince, diz TMZ

A cantora já recebeu alta e está se tratando em uma clínica de reabilitação

Por: Alefy Soares | 14 agosto - 5:03 PM | comentários

A procura por explicações sobre a droga que quase matou Demi Lovato continuam e, segundo o Tablóide TMZ, a cantora ingeriu oxicodona misturado com fentanil, ou seja, a mesma droga que matou Prince.

Demi Lovato recebe alta e segue para clinica de reabilitação

Segundo fontes do site, Demi mandou uma mensagem para um traficante ir até a sua casa por volta das 4h da manhã. A fonte explicou que a cantora estava em uma festa em Hollywood, após ter comemorado um aniversário em um restaurante. Depois do traficante receber a mensagem, ele foi até a casa dela com oxicodona.

Acontece que, supostamente, Demi Lovato não sabia que o traficante possuía a droga alterada no México, ou seja, misturada com a mesma droga que matou Prince e Lil Peep, fentanil.

As informações não foram confirmadas oficialmente e a assessoria da cantora se mantém em silêncio sobre o caso.

Demi Lovato cancela shows no Brasil e América do Sul

Logo após a internação de Demi Lovato por conta de um overdose, foi dito que os shows da cantora no Brasil ainda iriam acontecer. Mas agora a Live Nation anunciou que a turnê de Demi foi cancelada no país e na América do Sul.

Demi Lovato se pronuncia pela primeira vez após overdose

De acordo com o comunicado oficial: “Infelizmente, a cantora Demi Lovato cancelou as próximas datas da turnê de ‘Tell Me You Love Me’ na América do Sul para focar em sua recuperação. Os shows estavam marcados para acontecer em seis cidades de Chile, Argentina e Brasil a partir de 14 de novembro e tinham Becky G como atração especial nos dois últimos países citados”.

No comunicado ainda tem instruções para o pedido de reembolso dos ingressos e como conseguir o dinheiro de volta.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você