Demi Lovato não revelou substância que causou overdose, diz site

A assessoria de imprensa da cantora ainda não se pronunciou sobre o caso

Por: Marielle Rojas | 25 julho - 11:17 AM | comentários

Após suspeita de overdose por heroína, o site TMZ que divulgou as primeiras informações sobre o ocorrido, revelou que Demi Lovato teria se negado dizer qual droga provocou a suposta overdose.

Segundo as informações, também não foram encontradas drogas na casa da cantora, portanto, não haverá por enquanto investigação criminal.

De acordo com a revista People, um representante do corpo de bombeiros confirmou que transportou uma paciente de 25 anos para um hospital e o Departamento de Polícia de Los Angeles também afirmou que “responderam a uma emergência médica” em Hollywood Hills, local onde Demi mora. Outra fonte próxima à cantora, revelou que a causa não teria sito heroína.

O único a se pronunciar até o momento foi um representante da cantora, que afirmou a “Variety” que Demi passa bem. “Demi está acordada e com a sua família, que quer agradecer a todos que enviaram amor, orações e apoio. Algumas informações veiculadas não são verdadeiras e eles pedem por privacidade e nenhuma especulação, já que a sua saúde e recuperação são mais mais importante neste momento”, afirmou.

Primeiras informações

Na segunda-feira (23), Demi teria saído para comemorar o aniversário de um amigo, e postou algumas fotos em seu Instagram privado. De acordo com fontes, ela parecia feliz nos cliques com os amigos.

Demi Lovato teria sofrido uma overdose de heroína e foi levada às pressas para um hospital em de Los Angeles. Ainda de acordo com o site TMZ, a cantora está em tratamento mas ainda não foi divulgado como está seu estado de saúde.

Demi Lovato faz nova tatuagem depois de lançar música “Sober”

No começo deste ano, Demi celebrou o fato de estar há seis anos limpa, longe de álcool e drogas, mas recentemente ela lançou a música “Sober”, onde admitiu que estava em recaída.

Deixe seu comentário