Delegacia da Defesa da Mulher conclui que Felipe Prior é inocente em supostos casos de estupro

Inquérito policial que apurava o caso foi encerrado nesta terça-feira (04)

Por: Geórgia Santiago | 05 agosto - 21:22

A 1ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo concluiu o inquérito policial que investigou a denuncia de três mulheres contra o ex-BBB20 Felipe Prior por dois estupros e uma tentativa de estupro. Segundo o portal do G1, Prior não foi indiciado e o caso tramitou em sigilo.

Em nota emitida pela defesa do arquiteto feita pela advogada Carolina Pugliese, “destaca que a defesa sempre acreditou a inocência de Felipe Prior iria se sobrepor a qualquer outra circunstância no curso das investigações”.

Foto: Reprodução/Instagram

As frases ‘INOCENTE Y INOCENTE’ e ‘EU ACREDITO EM VOCÊ’ ficaram entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil. Os fãs do arquiteto subiram as hashtags em apoio ao empresário.

Relembre o caso

A revista “Marie Claire” publicou uma reportagem em que apurou as denúncias contra o ex-BBB e trouxe relatos de três vítimas. De acordo com as informações exclusivas do veículo, Felipe Prior teria cometido dois estupros e praticado uma tentativa de estupro. Aviso: os depoimentos são fortes. Leia Mais

LEIA TAMBÉM:

Mayra Cardi recebe intimação e está proibida de falar nome do ex-marido Arthur Aguiar

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos: