Comentarista da Globo nega calote de R$ 10 milhões em Eduardo Costa

Fábio Júnior Pereira afirma que conversou sobre um desacordo informal após assinar o contrato

Por: Karen Ramos | 27 agosto - 15:21

Fábio Júnior Pereira negou ter dado calote na compra de uma mansão de Eduardo Costa. O comentarista esportivo da Globo Minas e ex-jogador de futebol alega que nunca foi ao imóvel e fez o distrato “de boca e informal”.

“Tive a intenção de comprar o imóvel, assinei o contrato, e depois meus advogados me alertaram que haviam algumas cláusulas que não eram boas, e também que o imóvel poderia ter problemas na Justiça. Assinei sem ter noção disso, e conversamos para ser feito um desacordo informal. Achei que estava tudo bem. Se eu tivesse feito um distrato formal, na Justiça, não estaria passando por isso”, disse em entrevista ao UOL.

Segundo o sertanejo, o contrato foi firmado em junho de 2020. Dos R$ 10 milhões que totalizariam a transação, R$ 6 milhões deveriam ter sido pagos em forma de sinal, enquanto o valor restante seria parcelado em 36 pagamentos de R$ 111 mil.

As parcelas deveriam ter começado a ser pagar no mês de setembro. Entretanto, em novembro, Eduardo Costa ainda não havia recebido e entrou na justiça para anular o contrato. O cantor ainda pede uma multa de R$ 1 milhão, referente à cláusula de 10% fixada em contrato em caso de inadimplência.

LEIA MAIS:

Whindersson Nunes choca web ao publicar fotos antes da fama: “Você sabe quem eu sou?”

Ariadna detalha 13 dias de internação com Covid na Itália: “Pensei que fosse morrer”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você