Com depressão, ex-Panicat Carol Dias fala sobre humilhações que sofria no ‘Pânico’

Atualmente, Carol está trabalhando como coach de autoestima

Por: João Paulo Soares | 26 outubro - 1:54 PM | comentários

Carol Dias, ex-panicat do programa “Pânico na TV”, resolveu se abrir sobre os bastidores da atração. Segundo o portal Notícias da TV, Carol afirmou ter sido chamada de gorda por uma diretora do programa, o que a fez ter depressão.

A ex-panicat contou sobre o momento mais impactante vivido na atração. “Ela começou a gritar comigo, dizendo que eu estava gorda. Foi em 2016, na frente das minhas amigas. Eu tinha engordado um pouco. Mas acho que ela poderia com delicadeza, me chamar num canto e me falar”, disse ela, que não quis revelar o nome da diretora.

Foto: Reprodução/Instagram

Após mudar de profissão, ex-panicat Babi Rossi relembra assédio: “Quanto é o programa?”

“O Emílio Surita nunca me chamou atenção para nada e sempre me elogiava. As meninas (ex-panicats) ficaram chocadas na época com essa diretoria, que veio falando que eu estava gorda, cheia de celulite e que precisava me cuidar. Isso me magoou muito”, continuou.

Foto: Reprodução/Instagram

Após passar em uma consulta psiquiátrica, Carol Dias ficou internada em uma clínica de reabilitação por 15 dias, e quando voltou ao programa, não teve a recepção que imaginava: “Quando voltei ao programa, muitos não tiveram a menor consideração e me ignoraram”, completou.

Atualmente, Carol Dias está trabalhando como coach de autoestima, encorajando outras mulheres, mas ainda está em tratamento contra a depressão.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você