Metropolitana FM

Carla Diaz se pronuncia sobre papel de Suzane Richtofen em novo filme: “Precisava do distanciamento”

Em entrevista ao jornal ‘Extra’, a ex-BBB Carla Diaz comentou sobre o lançamento de seus novos filmes ‘O Menino Que Matou Meus Pais’ e ‘A Menina Que Matou Os Pais’, nesta sexta feira (24). Os longas metragens contam a história de Suzane von Richtofen, uma jovem brasileira que ficou conhecida em 2002, quando tramou e participou dos assassinatos contra os próprios país, o engenhrio Manfred, de 49 anos, e a médica psiquiatra Marísia, 50 anos.

Na ocasião, Carla afirmou que precisou olhar o ocorrido de fora, para não se envolver com o que realmente aconteceu na época: “Eu precisava do distanciamento do meu julgamento pessoal em relação ao crime e à história real porque, se não, eu não conseguiria interpretar essa personagem em dois filmes que contam a mesma história mas com olhares totalmente diferentes”, disse ela.

Foto: Reprodução

O diretor do projeto, Maurício Eça, ainda justificou o motivo de ter gravado duas versões diferentes do mesmo filme: “Eu entendi que tinha que filmar os dois longas iguais porque era a mesma história. Quem está contando diferente são eles, eles são os grandes narradores, e tivemos que respeitar isso”, explicou.

Recentemente, as ex-BBBs Camilla de Lucas e Carla Diaz se reencontraram para fazer um trabalho juntas. As duas compartilharam alguns momentos dos bastidores.

LEIA TAMBÉM:

Antônia Fontenelle detona Juliette após ex-BBB ter suposto DRT de atriz negado: “Vai estudar, p*rra!”

Grazi Massafera e Caio Castro fazem post inusitado e web aponta reconciliação: “Voltaram?!”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

BOMBOU!

Você também vai gostar: