Cantor Belo é preso após show clandestino durante pandemia: “Fizemos seguindo protocolos”

O artista está sendo investigado por violar as proibições

Por: Laís Mylla | 17 fevereiro - 15:59

Na tarde desta quarta feira (17), o cantor Belo foi preso pela DCOD [Delegacia de Combate às Drogas], da Polícia Civil do Rio de Janeiro, devido a um show clandestino realizado por ele durante a pandemia. A operação foi intitulada “É o que eu mereço”, ironizando uma das canções do músico.

O show aconteceu em uma escola estadual do ‘Parque União’ e não recebeu autorização das autoridades de Saúde. Por isso, Belo foi detido no município de Angra dos Reis e a produtora responsável pelo evento, ‘Série Gold’, também foi investigada, tendo diversos equipamentos de som, documentos e veículos apreendidos.

  • 1/1 Foto: Reprodução/G1

Em entrevista ao G1, no início da investigação, o cantor afirmou que o evento foi realizado seguindo os protocolos de segurança em relação ao Covid-19: “Fizemos o show seguindo todos os protocolos. Não temos controle do geral. Isso nem os governantes têm. As praias estão lotadas, transportes públicos, e só quem sofre as consequências são os artistas. Que foi o primeiro segmento a parar, e até agora não temos apoio de ninguém sobre a nossa retomada. Sustentamos mais de 50 famílias”, disse.

No entanto, nas redes sociais, diversos vídeos sobre o episódio circularam e os internautas reprovaram a opinião do pagodeiro. Os registros mostram que não houve distanciamento social no evento. Confira:

Recentemente, Belo e Gracyanne Barbosa resolveram separar a noite para responder algumas perguntas no Instagram Stories. Leia mais!

LEIA TAMBÉM:

BBB21: Pocah explica desentendimento inusitado com Sarah antes do programa e viraliza na web

BBB21: Eliminado com 98,76%, Nego Di bate recorde na história do reality show

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você