Campeã do “BBB19”, Paula presta depoimento em delegacia e deixa local com rosto coberto

Acusada de intolerância religiosa, o depoimento da sister durou mais de duas horas

Por: João Paulo Soares | 16 abril - 09:46

Campeã do “BBB19”, Paula Von Sperling prestou depoimento na tarde de ontem (15), na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Rio de Janeiro. A mineira, que ganhou o prêmio de R$ 1,5 milhão, está sendo investigada por ter feito comentários de intolerância religiosa enquanto estava confinada no programa.

Paula chegou à delegacia por volta das 16h e seu depoimento durou mais de duas horas. Ao final, a ex-BBB deixou o local acompanhada da irmã, sem falar com a imprensa e com o rosto coberto.

  • 1/2 Foto: Francisco Silva/AgNews
  • 2/2 Foto: Francisco Silva/AgNews

Paula revela que não se inscreveu para o Big Brother Brasil: “Acabou que eu fui”

Em entrevista à revista QUEM, o delegado titular Gilbert Stivanello, falou sobre o depoimento. “A Paula foi ouvida, o depoimento foi longo e já temos elementos suficientes para a elaboração do inquérito. Devo encaminhá-lo para a Justiça ainda esta semana. O depoimento rendeu algum tempo porque ela assistiu ao vídeo do programa, teve uma manifestação livre sobre o episódio e depois foi interrogada”, disse ele.

No dia 6 de fevereiro, durante uma conversa, Paula fez uma série de comentários que foram considerados preconceituosos por parte do público. A sister disse ter medo do carioca Rodrigo por ele ter contato “com esse negócio de Oxum”, e afirmou: “Nosso Deus é mais forte”.

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você