Atriz Elizângela é cancelada após comparar vacina contra Covid-19 com estupro

Os internautas se revoltaram com o teor irônico da publicação feita pela artista

Por: Laís | 19 dezembro - 17:43

A atriz Elizângela foi ‘cancelada’ nas redes sociais na última sexta feira (18), após um comentário sobre a nova vacina contra o vírus do Covid-19.

Em seu feed do Instagram, ela comparou a obrigatoriedade de tomar o imunizante a um estupro sexual e foi criticada nas redes. Na imagem, a frase “Penetração sem consentimento é estupro” gerou revolta entre os internautas. A artista ainda reforçou a ironia ao usar um dilema feminista na legenda da publicação: “Meu corpo, minhas regras”, escreveu.

Os comentários da publicação reprovaram a atitude da celebridade: “Eu não concordo. Acho que as pessoas devem se vacinar, a vida precisa voltar, precisamos ter segurança para viver! Somente a vacina vai nos previnir. Só acho”, explicou uma seguidora. “És tão talentosa, tens um profissional exemplar. Mas pôr o risco a outras pessoas é fora do comum. Veja seus amigos de profissão passando por internações por conta do vírus. Querida, respeito sua posição partidária, mas não te entendo quando falamos de VIDA”, criticou um internauta. Confira a repercussão:

  • 1/4 Foto: Reprodução/Instagram
  • 2/4 Foto: Reprodução/Instagram
  • 3/4 Foto: Reprodução/Instagram
  • 4/4 Foto: Reprodução/Instagram

LEIA TAMBÉM:

‘A Fazenda’: Biel comenta se tinha segundas intenções com Mirella no reality

Mayra Cardi faz divulgação de refrigerante e é criticada na web: “Propaganda mal feita”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você