Após se separar de Edson Celulari, Claudia Raia revela que usou antidepressivos

A atriz disse que 2010 foi um ano bem difícil

Por: Marina Correa de Genaro | 21 maio - 14:08

Em 2010, Claudia Raia e Edson Celulari terminaram o casamento e a atriz revelou o quão difícil foi o momento. Após 17 anos de união, o término abalou a artista e ela precisou começar um tratamento com antidepressivos.

“Pela primeira e única vez na vida, eu estava tomando antidepressivos, bem fraquinhos. Usei por nove meses. O médico achou que, com toda a situação, mais o fato de eu estar trabalhando muito, o remédio iria ajudar a encontrar um equilíbrio emocional”, relatou à coluna de Patrícia Kogut.

Devido tudo isso, Claudia teve dificuldade em fazer cenas mais emocionais em “Ti-Ti-Ti”.  Ela precisou pedir o conselho de Nicette Bruno, que também estava no elenco, para exercer o trabalho da melhor forma.

“Quando cheguei e comecei a ensaiar, a Nicette percebeu e me perguntou: ‘O que foi, filha?’. Expliquei minha aflição e ela me acalmou: ‘As emoções estão num único lugar, dentro de você. Só você sabe fazer essa personagem. É sua, você que construiu. E muito bem, inclusive. Você vai acertar, e a emoção vai vir’. Aquilo me deu uma calma. Ela falou o que eu precisava ouvir”, completou.

Claudia Raia e Edson Celulari tiveram dois filhos juntos, Enzo e Sophia.

Recentemente, a atriz revelou que Bruna Marquezine já se tornou filha para ela. Leia mais!

LEIA TAMBÉM

Príncipe Harry relembra gatilhos com a morte da mãe e pensamentos suicidas de Meghan Markle

Saulo Poncio teria traído Gabi Brandt novamente, aponta colunista

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos: