Após retorno às redes, Pyong Lee chora ao pedir perdão em carta aberta: “Abomino quem já fui”

O influenciador polemizou depois de sua participação no reality show Ilha Record

Por: Karen Ramos | 15 outubro - 15:30

Nesta sexta-feira (15), Pyong Lee voltou ao Instagram após quatro meses fora da rede social. Em um vídeo, ele lê uma carta aos seus seguidores sobre suas escolhas nos últimos meses. O influenciador polemizou em sua participação no reality show Ilha Record, alvo de boatos de affair com Antonela Avellaneda e o anúncio do fim do seu casamento com Sammy Lee.

“É muito difícil reconhecer que temos um problema. A nossa mente não nos deixa enxergar. Às vezes, quando conseguimos ver, já é tarde demais. Minha mãe me abandonou quando eu tinha 9 anos e meu pai se afundou na depressão, eu o perdi aos 12 anos. A história é longa, mas o resultado o Brasil inteiro conheceu. O lado bom e ruim”, disse.

O hipnólogo reconheceu seus erros e apontou que ‘abomina’ sua antiga versão: “Nada justifica o homem que já fui, totalmente entregue a uma existência perdida. Me vi como jamais tinha visto (…), doeu, me entristeceu ver quem eu era e onde tudo estava me levando. Esse processo doloroso foi acompanhado de profissionais, líderes e Deus. (…) Me libertei, me renasci e encontrei minha identidade. Me reconheço como filho de Deus e abomino quem já fui”, continuou.

PEDIDO DE PERDÃO

“Não existia um segundo onde eu não me arrependesse profundamente de ter aberto uma ferida no seu coração. (…) Sammy, quem me dera ter percebido antes o verdadeiro valor da vida. Quem me dera se eu pudesse acordar todos os dias ao seu lado e ver seu sorriso e de nosso filho. Peço perdão por não ter sido o melhor, por não ter sido nem 1% do homem que você merece. Quero pedir perdão para meu filho, que apesar de não entender agora, teve uma parte de sua história escrita pelas minhas escolhas e atitudes horríveis. Prometo que vou me levantar todos os dias e ser diferente, melhor, para de ter orgulho de carregar meu sobrenome. Não por fama ou dinheiro.”

Pyong ainda pede perdão para amigos, familiares e fãs. “Hoje sei quem eu sou e minha história será um testemunho. O amor de Deus muda caráter sim e eu serei a prova viva. Espero que vocês me vejam muito por aí. Hoje tenho meus valores bem claros e definidos. Sammy, eu amo você e lutarei para sempre para ser digno da sua confiança novamente. Seria uma dádiva ser ao menos ser seu amigo. Estar perto de você é como um por do sol mais perfeito da primavera e eu seria louco de não lutar por isso”.

LEIA MAIS:

Ex-BBB Arthur Picoli abandona Twitter após ameaças de morte e choca web: “Acabem logo com isso”

Carlinhos Maia compra colar de R$450 mil ‘para guardar no banco’

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você