Após publicar vídeo de José Loreto com Carolina Dieckmann, Marcelo Serrado se pronuncia

Os prints do vídeo estão gerando polêmica nas redes sociais

Por: Alefy Soares | 21 fevereiro - 16:20

O polêmico fim do casamento entre José Loreto e Débora Nascimento, um vídeo publicado por Marcelo Serrado fez a internet ficar enlouquecida. Nas imagens, é possível ver Loreto cumprimentando Carolina Dieckmann no rosto mas, pelo ângulo, aparentam beijar na boca.

Em meio a polêmica, José Loreto e Marina Ruy Barbosa trocam beijo quente em novela

Veja: 

  • 1/3 Foto: Reprodução/Instagram
  • 2/3 Foto: Reprodução/Instagram
  • 3/3 Foto: Reprodução/Instagram

Ao perceber a repercussão, o ator se viu obrigado a se pronunciar sobre o caso e negar que os dois estavam se beijando no momento que ele filmou: “A internet virou um circo dos horrores, pegam um story com amigo, param um frame no meio e falam o que querem! Surreal e triste ao mesmo tempo. Querem ver sangue aonde não tem [sic], não há nada! Sem mais comentários!”.

Apesar do seu nome estar envolvido na polêmica, Carolina não se pronunciou sobre o caso.

O pedido de desculpas

O ator José Loreto se pronunciou sobre sua suposta traição e affair com a atriz Mariana Ruy Barbosa. Em uma carta aberta, ele pediu perdão a ex-mulher, disse que está arrependido e que quer reconquistá-la.

“Errei sim, manchei o teu nome. Débora, você tem todas as razões para estar magoada comigo. Te dei motivos, indícios, diria que até provas, que eu mesmo, se estivesse no seu lugar, diria que são inquestionáveis”, começou ele.

Foto: Reprodução/Instagram

“Mas a vida real às vezes surpreende até as ‘vidas de novela’. A realidade é cruel, tem consequências e verdades que não agradam à audiência. Na realidade do meu momento, preciso te dizer que não fui legal com você, cruzei fronteiras emocionais que hoje me arrependo profundamente”, disse.

José Loreto continuou afirmando que não poderia citar nomes de pessoas envolvidas. “Não quero dar nomes, não posso fazê-lo. E também acredito que o reconhecimento de nossas falhas é um processo individual e intransferível. Sem contar que, apesar das evidências, eu te juro que nada aconteceu. Sei que é difícil de acreditar, mas nem sempre a verdade é translúcida”, acrescentou. Leia mais.