Após dívida de pensão alimentícia, ex-jogador de volêi Giba tem prisão decretada

Segundo o advogado do atleta, a justiça do Paraná decidiu prendê-lo

Por: Laís Mylla | 21 dezembro - 09:43

Após uma longa briga judicial entre o ex-jogador de vôlei Giba e sua ex-esposa, Cristina Pirv, em prol da pensão alimentícia dos filhos, a justiça decidiu ser mais rígida.

Segundo o próprio advogado do atleta, a 7ª Vara de Família do estado do Paraná decidiu decretar a prisão de Giba devido a um processo de execução de pensão alimentícia para os filhos Nicoll, de 16 anos, e Patric, de 12 anos, no valor de R$ 300 mil. A juíza responsável pela ação determinou o pagamento em março de 2018.

No entanto, o ex-jogador está tentando conseguir uma reavaliação dos valores solicitados e afirmou que o valor do acordo feito na época do divórcio, em 2013, não é mais uma realidade para ele. Segundo Giba, seus ganhos são muito menores atualmente e, embora o Ministério Público do Paraná tenha aceitado a proposta de revisão para a redução da pensão, a juíza seguiu com a ação de execução e determinou o pagamento imediato do valor, diz o jornal ‘GE’.

Em entrevista ao veículo, ele se pronunciou sobre o caso: “Cansei de ficar quieto. São sete anos em que eu estou tomando porrada, em que ela [Cristina Pirv] procura a imprensa e expõe as crianças divulgando valores de processos que deveriam ser sigilosos. É inadmissível fazer isso com os nossos filhos. Se eu fosse um pai ruim, como ela diz, você acha que as crianças me ligariam todo dia, mandariam mensagem!? Veja as minhas fotos com os meus filhos nas redes sociais”, lamentou.

LEIA TAMBÉM:

Aos 87 anos, Nicette Bruno falece após complicações em diagnóstico de Covid-19

Felipe Neto faz apelo para fim do uso do Photoshop: “Normalizem a cintura natural”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você