Após contraindicação, Felipe Neto critica uso de cloroquina: “Deveria processar o presidente”

Youtuber se manifestou em suas redes sociais

Por: Karen Ramos | 17 maio - 17:33

Felipe Neto se manifestou em seu Instagram Stories nesta segunda-feira (17) após o relatório do Ministério da Saúde contraindicar o uso de cloroquina e invermectina para tratamento contra a Covid-19. Em seus vídeos, ele ainda incentivou quem foi tratado com o medicamento a processar o presidente.

“A grande maioria sobrevive. E, a grande maioria que sobrevive, muitas dessas pessoas sobrevivem com antigripais, com anti-inflamatórios, com remédios tradicionais e comuns. Então se a pessoa tiver tomado suco de manga enquanto tava com Covid e se curou, você vai falar que foi o suco de manga que curou?”, explicou.

Em seu Twitter, o youtuber também se manifestou: “Eu acho (só acho) que todo mundo que tem um parente que foi tratado com cloroquina e veio a óbito deveria processar o presidente da República”, declarou.

Recentemente, após chamar o presidente Jair Bolsonaro de ‘genocida’, o youtuber Felipe Neto teve seu processo de investigação — solicitado pelo filho de Jair, Carlos Bolsonaro — arquivado por determinação da Justiça do Rio de Janeiro.

Em março, o inquérito já havia sido suspenso por uma liminar e agora, o caso que estava sendo supervisionado pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, com base na Lei de Segurança Nacional, foi solucionado. Em seu Instagram Stories, Felipe Neto celebrou: É oficial! A justiça acaba de arquivar a investigação contra mim por ter chamado o presidente de genocida. Acabou!

LEIA MAIS:

Ana Maria Braga homenageia Mc Kevin, Bruno Covas e Eva Wilma: “Fim de semana de perdas”

Simaria mostra detalhes de look para o ‘Domingão do Faustão’: “Estilo Kim Kardashian”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você