Após caso de violência médica, Luisa Mell acusa ex-marido de ameaçá-la: “Vou lutar”

Ativista relata abusos durante casamento de dez anos com Gilberto Zaborowsky

Por: Karen Ramos | 10 outubro - 00:21

Luisa Mell revelou que está sofrendo ameaças do ex-marido, Gilberto Zaborowsky, após relatar ter sido vítima de violência médica. Em seu Instagram, neste sábado (9), ela compartilhou um desabafo acusando o empresário de querer destruir sua reputação.

A ativista afirmou ser uma das mulheres que sofria abusos e manipulações, e chegou a questionar a própria sanidade. “Muitas vezes, pensava em sair de casa, mas ia ficando. Questionava se não era eu a louca, como ele sempre afirmava quando eu tentava resistir aos abusos, se tudo aquilo realmente acontecia sem conseguir enxergar o relacionamento abusivo que sofria estando dentro dele. Me perguntava se não deveria aguentar tudo aquilo pelo meu filho. E em nome das minhas inseguranças e por acreditar que ele me amava, segui por anos sofrendo todos os tipos de abusos psicológicos e emocionais dentro de casa”.

Ela então cita que, após a separação, está recebendo ameaças do ex-marido e o acusa de querer destruir sua reputação. “Agora que criei coragem de sair, de denunciar e falar sobre o assunto, estou sendo vítima de uma verdadeira organização criminosa financiada pelo meu ex-marido para destruir a minha reputação. Financiando jornalistas sensacionalistas que estão a venda, munindo pessoas sobre nossa intimidade como casal, estão criando todos os tipos de mentiras para me atacar. Sem escrúpulo algum e no momento mais frágil da minha vida”, escreveu.

“Mas eu sou forte e vou lutar, mesmo não tendo todo o poder e dinheiro dele, mesmo me sentindo violentada por essas pessoas, mesmo tendo sido mutilada desacordada e contra minha vontade. Que a minha voz ecoe e ajude outras mulheres a se levantaram, a denunciarem a violência. Não podemos estar sozinhas!”, finaliza.

ENTENDA

Luisa Mell se separou de Gilberto Zaborowsky em julho deste ano após dez anos de casamento. O que motivou a ativista foi um episódio de violência médica em que passou por uma cirurgia de lipoaspiração nas axilas não autorizada, consentida pelo seu ex-marido.

Ela entrou com uma medida protetiva de urgência no dia 4 de outubro, baseada na Lei Maria da Penha, contra seu ex-marido Gilberto Zaborowsky, segundo o colunista Leo Dias, do Metrópoles. Segundo o UOL, que teve acesso aos documentos, Luisa pede que Gilberto mantenha uma distância mínima de 500 metros e o proíbe de entrar em locais frequentados pela apresentadora. O empresário também não pode entrar em contato com a ativista por meios físicos ou eletrônico, nem está autorizado a movimentar bens que pertenciam ao casal antes da separação.

Ela irá processar o médico responsável pelo procedimento, e busca uma indenização de R$ 5 milhões. Além disso, deve mobilizar uma segunda ação de investigação em torno de alguma relação do empresário com o caso.

LEIA MAIS:

Luisa Mell entra na Justiça contra médico por cirurgia: “Pior que estupro”

Aborrecida com fakes de Clara Maria, Tatá Werneck faz apelo: “Parem”

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:


Inscreva-se no BOMBOU!

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você