Aos 11 anos, Melody apaga todas as fotos em pose “sexualizada” e volta com o Instagram

Diversas imagens já sumiram do Instagram da cantora

Por: Alefy Soares | 24 janeiro - 14:16

Após toda a polêmica, Belinho, pai de Melody, que não cuida mais da carreira da cantora, apagou todas as fotos em que ela aparece “sexualizada” em seu Instagram. Durante entrevista cedida à Rede TV, o empresário falou mais sobre o acordo feito com Felipe Neto.

“Sim, já estão agindo na carreira dela. Hoje a Melody tem um bilhão de views no YouTube, somando todos os vídeos, e 10 milhões de seguidores em suas redes sociais. A ideia é mudar o foco das postagens para um público mais jovem“, disse Belinho.

Felipe Neto apaga vídeos de Melody para acabar com sua “sexualização”

Foto: Reprodução/Instagram

“Com ele [Felipe Neto] acredito que ela pode melhorar o foco e ainda mais a imagem dela“, disse. “Tudo [será administrado] por ele e eu serei apenas o produtor musical e ficarei na parte musical como sempre fiz”, concluiu.

Recentemente, Thiago Abreu, mais conhecido como MC Belinho, divulgou uma nota oficial após ser acusado pela mãe de Melody de ser o responsável por “sexualizar” a imagem da criança, que recentemente teve o Instagram excluído.

“Venho a público pedir desculpas pelos excessos que cometi em relação à carreira das minhas filhas. Entendo que sou o principal responsável e que não pedi ajuda quando poderia ter feito isso. Peço desculpas à mãe das meninas pelos danos que lhe causei e por ter feito as pessoas acreditarem que eu era um pai solteiro”, escreveu.

Foto: Reprodução/Instagram

“A Daiane é uma excelente mãe, que acompanha as meninas na escola, que se preocupa com suas notas, que não falta em nenhuma reunião. Eu quis que ela cuidasse só da casa e da vida privada das nossas filhas e eu da parte da carreira”, contou Belinho. “Já estou respondendo ao Ministério Público de São Paulo sobre tudo isso e isento a Daiane de qualquer responsabilidade sobre as minhas decisões relacionadas à carreira de nossas filhas”, continuou. Leia mais.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você