Anitta revela sofrer preconceito em reuniões de negócios: “Me tratam como burra”

A cantora também falou sobre a sua vida como empresária

Por: Alefy Soares | 03 novembro - 10:22 AM | comentários

Muitas pessoas sabem que Anitta não trabalha apenas como cantora, mas também empresária. Ela é dona da empresa “Radamoinho”, que lança e gerencia colegas de profissão como a cantora pop Clau, mas deixou claro que não atrela o seu nome ao do artista.

“Sabem da Clau, mas decidi não revelar [o seu nome por trás da artista] para evitar pressão. Acham que, por ser eu a empresária, o artista tem que ter um desempenho igual”, disse Anitta.

Novo trailer da série “Vai Anitta” é divulgado cheio de novas cenas

Durante entrevista cedida ao à revista “Voe Gol” de novembro, a cantora revelou que já sofre muito preconceito em reunião internacionais: “Ser mulher e jovem é um problema. Já me recebem de cara feia, como quem diz: ‘Vim perder meu tempo, o que essa menina acha que está falando?'”.

Foto: Reprodução/Instagram

Anitta diz que aprendeu a ter jogo de cintura quando se vê neste tipo de situação: “Dou uma de louca. Se me tratam como burra, finjo que sou mesmo. No final, faço o que eu quero e a pessoa vê, nos resultados, que não estou de bobeira (…) Preciso ser carismática e querida, e por isso acham que não tenho pulso firme para tomar uma decisão contrária”.

Rotina pesando

Com o sucesso internacional decolando cada vez mais, Anitta tem viajado bastante. Nas últimas semanas, a cantora tem se dividido entre Brasil, México e Estados Unidos.

Na quarta-feira (31), a funkeira apareceu nas redes sociais falando em espanhol e desabafou sobre a rotina de trabalho intensa.

“Cada dia eu acordo em um lugar diferente. Já não sei quem sou, meu nome, que horas são, em que mundo estou, Júpiter, Saturno”, brincou ela.

Foto: Reprodução/Instagram

Deixe seu comentário