Vem saber todos os finais e a cena pós-créditos de “Black Mirror: Bandersnatch”

Filme interativo oferece finais de acordo com as escolhas de quem assiste

Por: Gabriela Orsini | 02 janeiro - 18:01

Existem cinco finais principais para “Black Mirror: Bandersnatch”, mas também existem os ‘finais errados’, que são abruptos, e são mais de dez. E são várias as formas de chegar nesses finais, e se você quiser saber quais são, nós te contamos aqui embaixo!

Em um momento do jogo pede para você escolhe contar sobre a Netflix para o Stefan e ele vai para o consultório da psicóloga. Lá surge uma nova opção de tornar as coisas mais interessantes e os dois começam a lutar, até que o pai de Stefan interrompe e o leva embora. Esse pode ser considerado um dos finais em que o protagonista enlouquece e acaba assim.

Diretor de “Black Mirror: Bandersnatch” diz que tem cenas impossíveis de acessar

Ainda nessa opção de explicar o que é Netflix, se você escolhe “pular da janela”, em vez de lutar com a psicóloga, quando Stefan está indo se jogar a diretora do filme grita “corta” e a cena para. Então percebemos que tudo não passava de uma gravação e o ator se deixou enlouquecer achando que era o personagem mesmo.

Outro final ‘oficial’ está ligado a opção de mudar o passado de Stefan. Uma das possibilidades do filme é entrar pelo espelho para voltar no tempo, mais especificamente no dia em que a mãe do protagonista morreu e ao escolher “TOY” no cofre do pai aparece a opção de pegar o trem junto com ela. Então o jovem Stefan também morre no acidente de trem e vemos ele no presente também morrendo no consultório da psicóloga.

Em outro final possível é onde Stefan esquarteja o pai e consegue lançar o jogo, que ganha cinco estrelas, mas acaba preso depois que o crime é descoberto. Depois disso o jogo para de ser vendido, mas anos depois Pearl Ritman, a filha do Colin, que também é programadora, encontra o jogo e decide fazer uma nova versão dele mais moderna para a Netflix.

Mas um dos cinco finais mais perturbadores é quando se escolhe “PAC” no cofre do pai de Stefan. O protagonista descobre que seu pai é um agente do governo que, junto da Dra. Haynes, estava monitorando ele e inserindo traumas artificiais para experimentos de psicologia. Isso sim que é uma reviravolta na história!

Além desses finais, como já dito, existem os finais abruptos, que são quando a Netflix meio que te obriga a voltar e tomar outra decisão para chegar a um desses finais. Mas sabia que também tem uma cena pós-crédito?! Dois finais, não revelados ainda, te levam de volta para a cena que mostra Stefan no ônibus, mas em vez de aparecer uma fita de música, aparece a fita do jogo Bandersnatch.

O som que sai quando a fita é tocada é parecido com o que a internet discada fazia antigamente, e depois de decodificarem esse barulho um QR Code foi revelado que te leva direto para a página da Tuckersoft. Que viagem, não é mesmo?

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você