“Talvez Uma História de Amor” é um romance clichê que foge de tudo já visto

Filme nacional estreia dia 14 de junho

Por: Gabriela Orsini | 12 junho - 7:11 PM | comentários

Em “Talvez Uma História de Amor” conhecemos Virgílio, vivido por Mateus Solano, que tem uma vida tranquila e estável. Mas depois de ouvir um recado na secretária eletrônica tudo desanda e fica sem sentido. Uma mensagem de Clara (Thaila Ayala) terminando o namoro deles o desestabiliza, mas não pelo término, e sim por não saber quem é essa mulher.

Então Virgílio começa a tentar entender quem é ela, o que eles tiveram, e como todo mundo parece saber do namoro dos dois, além do término, e ele não consegue se lembrar de nada. Até porque ele é bem metódico e controlador, e conforme ele se empenha em descobrir esse mistério, as coisas vão saindo cada vez mais do controle.

Como é uma comédia romântica, o filme é cheio de clichês. Mas por ser história diferente de tudo visto antes, já que é mais uma procura por lembranças do que conquista ou reconquista da pessoa amada, “Talvez Uma História de Amor” foge do lugar comum desse tipo de filme.

Assim como o protagonista, ficamos ávidos por saber o que aconteceu para conseguir entender tudo o que se passou para chegar até o momento em que Clara deixa seu recado. Dá para sentir o desespero por respostas de Virgílio, pois quem assiste também quer essas mesmas respostas! Nem tudo está tão óbvio como na maioria das comédias românticas.

Como o personagem de Mateus Solano é todo metódico, ver ele perdendo o controle de sua vida gera momentos muito engraçados. Mas principalmente faz um paralelo com o ‘significado’ de apaixonar-se, já que quem ama deixa de viver sua vida para mergulhar de cabeça na do parceiro. Pelo menos de acordo com os clichês desses filmes.

“Talvez Uma História de Amor” é um filme aconchegante, mas que ao mesmo tempo pode fazer os com coração mais mole derrubar algumas lágrimas. O longa estreia nesta quinta-feira (14) nos cinemas de todo o Brasil!

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você