Parece que queriam matar o 007 no novo filme do espião, por isso diretor desistiu

Próximo filme do James Bond está com estreia marcada para 8 de novembro de 2019

Por: Gabriela Orsini | 27 agosto - 2:36 PM | comentários

Danny Boyle, diretor de 007, desistiu do próximo filme do espião e todos ficaram sem entender o que aconteceu. Mas parece que foi descoberto o motivo da sua saída da direção.

Idris Elba está na mira para viver o próximo 007 nos filmes

De acordo com o jornal The Sun, a ideia seria dar um final espetacular para James Bond, ou seja, matar ele. “Tiveram discussões sobre matar Bond de forma dramática no fim. Além disso, o final deixaria aberta uma reviravolta para o próximo filme – o Bond não teria morrido, ou poderia ter uma regeneração ao estilo de ‘Doctor Who’, com um novo ator” afirma a publicação.

O diretor Boyle teria odiado e ideia e achado ela ridícula, e esse seria um dos motivos porque ele abandonou a produção. Além disso, ele teria saído por causa de brigas de orçamento e outras pessoas deixando o filme: “Existe um temor de que o filme será adiado meses e a equipe está preocupada sobre quando seu próximo salário vai cair”.

Dua Lipa pode ser a voz por trás da música tema do próximo filme do 007

O próximo filme do James Bond continua sem um diretor, mas Daniel Craig continua no elenco para viver o espião novamente. E, por enquanto, a estreia está marcada para o dia 8 de novembro de 2019.

Deixe seu comentário