James Gunn, diretor de “Guardiões da Galáxia”, é demitido da Marvel por tweets ofensivos

Diretor já estava trabalhando em "Guardiões da Galáxia Vol. 3"

Por: Gabriela Orsini | 20 julho - 5:28 PM | comentários

James Gunn, diretor dos dois filmes de “Guardiões da Galáxia”, foi demitido da Marvel depois que tweets ofensivos seus vieram à tona. As publicações foram feitas de 2008 a 2011 e faziam referências a pedofilia e estupro.

Alan Horn, diretor da Walt Disney Studios, falou sobre a demissão de Gunn em um comunicado para a THR: “As atitudes e declarações ofensivas descobertas no Twitter de James são indefensáveis e inconsistentes com nossos valores, e danificaram nossa relação com ele”.

Depois que os tweets foram revelados, James Gunn se pronunciou pedindo desculpas e afirmando que é uma pessoa muito diferente da que era anos atrás.

James Gunn é esperado na San Diego Comic-Con para fazer um anúncio que ainda não teve o assunto divulgado. Mas depois da demissão, o diretor não se pronunciou sobre sua presença no evento.

Atualização 17h55

O painel que seria apresentado por James Gunn na San Diego Comic-Con foi cancelado.

Deixe seu comentário