“Homem-Aranha: No Aranhaverso” inova e surpreende com heróis e história envolventes

Filme estreia nesta quinta-feira, 10 de janeiro no Brasil

Por: Gabriela Orsini | 10 janeiro - 08:02

“Homem-Aranha: No Aranhaverso” chegou para mudar tudo o que achamos que sabíamos sobre animações. Inovador e divertido, o filme do herói mostra muito mais do que uma aranha radioativa.

O filme tem como personagem principal Miles Morales, que está aprendendo a ser o Homem-Aranha de sua dimensão, mas por conta de uma explosão Aranhas de outras dimensões chegaram até a sua e juntos eles têm que descobrir como voltar para suas respectivas casas.

A parte mais interessante da animação é a inovação no traço, já que ele se assemelha mais aos quadrinhos do que aos filmes animados. Todo o filme é como se fosse uma HQ na tela, inclusive com balões de pensamento e onomatopeias. Além disso, cada Aranha tem um estilo gráfico de acordo com sua origem, o que dá mais personalidade aos heróis e ao próprio filme.

Com Miles no centro da trama, ao mesmo tempo aprendendo como usar seus poderes e tentando ajudar seus novos amigos, “Homem-Aranha: No Aranhaverso” traz uma montanha-russa de emoções, desde a risada mais sincera até lágrimas. Afinal, com grandes poderes, vem grandes responsabilidades, e não teria como deixar o público sem rir ou se emocionar com a história.

A jornada de aprendizado do protagonista, tanto em como lidar com seus poderes e defender aqueles que ama, assim como em ser uma pessoa e um filho melhor, trazem profundidade a Miles, fazendo com o que espectador se identifique com ele. Por ser um personagem novo mas já querido pelo público, dar um filme solo seria muita responsabilidade de uma vez, então ele vem junto de um dos heróis mais ‘gente como a gente’ possível: Peter Parker.

A relação entre os personagens também é muito bem construída, apesar de focar mais em Miles, Peter e Gwen Stacy, que vem como a Spider-Gwen. Peter age como um tutor para o jovem herói, enquanto Gwen traz um pouco mais da dura realidade de ter poderes e usa-los para salvar as pessoas. O trio carrega o filme sem problemas e entrega um produto final mais do que satisfatório.

“Homem-Aranha: No Aranhaverso” está recheado de referências e Easter Eggs, incluindo uma cena pós-créditos que vai surpreender a todos, por essa ninguém esperava! Além de conter homenagens ao criador do Homem-Aranha, Stan Lee, que faleceu em 2018. Com frases impactantes, vai ser difícil para os fãs do quadrinista segurarem as lágrimas.

Apesar de já ter estreado há um tempo lá fora, e inclusive já ter faturado o Globo de Ouro de Melhor Animação, “Homem-Aranha: No Aranhaverso” estreia aqui no Brasil nesta quinta-feira (10)!

Confira o trailer:

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você