Episódio de “Game of Thrones” tem cenas cortadas na China e revolta fãs

Cenas de sexo e violência não foram exibidas no país

Por: Gabriela Orsini | 16 abril - 18:19

Quem mora na China e assistiu ao episódio de “Game of Thrones” neste domingo (14) ficou frustrado com alguma cenas. Ou melhor, com a falta delas, já que o país cortou cerca de seis minutos do primeiro episódio da oitava temporada.

No resto do mundo, os fãs viram 54 minutos de episódio, mas na China foram apenas 48. Cenas de sexo e violência, como a que Bronn aparece com prostitutas e o resgate de Yara por Theon, foram cortadas no país.

MAIS DE GAME OF THRONES

Trailer do segundo episódio de “Game of Thrones” mostra Daenerys acusando Jaime

Cena do primeiro episódio de “Game of Thrones” pode confirmar teoria sobre Tyrion

Detalhe em nova abertura de “Game of Thrones” deixou fãs intrigados

Joe Jonas é o maior fã de Sophie Turner em “Game of Thrones” e aqui estão as provas

Os fãs chineses reclamaram, e muito, de toda a censura feita no episódio, um deles disse “É um pouco desconfortável assistir a esta versão. Se as cenas cortadas não fossem importantes, por que o roteirista as escreveria? Por que o diretor as filmaria?”, já outro comentou “Tencent está fazendo com que paguemos para assistir a uma versão ‘castrada’ de ‘Game of Thrones'”.

Realmente, ninguém gostaria de perder um segundo que fosse de “Game of Thrones”, principalmente na última temporada, agora imagina perder minutos! É muito chato, mesmo.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você