Cena de sexo em “Rocketman” é cortada na Rússia e Elton John se pronuncia

Cena em questão era de sexo entre dois homens

Por: Gabriela Orsini | 02 junho - 13:30

“Rocketman” conta a história de vida de Elton John e conta com cenas de uso de drogas e sexo, no caso entre dois homens. E essas cenas foram cortadas na edição exibida na Rússia, o que revoltou Elton John.

Esses cortes não foram notificados previamente, e a empresa responsável pelo lançamento no país apenas disse que isso foi feito “em virtude de questões legais”. Então Elton John compartilhou em seu Instagram sua mensagem:

Clipe mostra Taron Egerton cantando “Rocketman” com novas cenas do filme

“Nós rejeitamos nos mais fortes termos possíveis a decisão tomada pela indústria russa de censurar “Rocketman”, uma mudança pela qual não estávamos cientes até o dia de hoje. A Paramount Pictures foi uma brava e forte parceira ao permitir que criássemos um filme que é a real representação da extraordinária vida, defeitos e tudo o mais de Elton. Que o distribuidor local tenha achado necessário cortar certas cenas, negando ao público a oportunidade de ver o filme como ele foi planejado, é um sério reflexo da divisão do mundo em que vivemos e sobre como o amor entre duas pessoas pode seguir sendo tão cruelmente inaceitável. Nós acreditamos na construção de pontes e no diálogo aberto, e vamos continuar a pressionar a queda de barreira, até que todas as pessoas sejam ouvidas de forma igual ao redor do mundo”.

Quem também se pronunciou sobre o caso foi Taron Egerton, que interpretou Elton em “Rocketman”, e ele escreveu em suas redes sociais: “Estou desanimado pela decisão tomada pelo mercado russo de censurar nosso filme. Fico ainda mais desapontado ao saber disso em segunda mão hoje, no dia do nosso lançamento doméstico. De forma alguma tolero esta decisão e me sinto desapontado por não ter sido informado antes e ter tido a chance de lutar contra esse movimento. Amor é amor. Sem compromissos”.

“Rocketman” já está em exibição nos cinemas brasileiros! Confira nossa crítica sobre o filme aqui!

Deixe seu comentário