“Bumblebee” foca na amizade e deixa explosões para os outros filmes

Filme estreia dia 25 de dezembro no Brasil

Por: Gabriela Orsini | 19 dezembro - 6:10 PM | comentários

A franquia “Transformers” ganhou seu primeiro filme spin-off que vai focar 100% no Bumblebee e como ele chegou na Terra. Mas para assistir esse longa é preciso esquecer os outros sobre os robôs e não esperar muitas explosões.

O longa conta como e porquê Bumblebee veio parar no nosso planeta, e o que acontece assim que ele chega aqui, assim como explica porque ele não tem voz, por exemplo. Na sequência conhecemos um pouco de Charlie, uma garota que acabou de fazer 18 anos e está buscando seu lugar no mundo após a morte do pai.

Ela encontra um fusquinha amarelo abandonado e decide que esse será seu presente de aniversário. Mas assim que chega em casa descobre que esse não é um carro comum. E assim, Charlie e Bumblebee começam a desenvolver uma amizade e se conectam de um jeito único.

O filme foca na relação dos dois protagonistas, e explora bastante como uma amizade forte e verdadeira não tem barreiras que a impedem de acontecer. Eles não são do mesmo planeta, não são da mesma espécie, não têm uma forma fácil de comunicação, e mesmo assim conseguem criar um laço muito forte!

Charlie é interpretada por Hailee Steinfeld, e ela atuou com tanta naturalidade que realmente passa a impressão que ela estava com o Bumblebee vivo nas gravações. Sabemos que a atriz contracenava, na maioria das cenas, com um objetos, que depois da edição se transformariam no robô. Então ver toda a emoção que ela consegue passar demonstra o trabalho duro que ela deu no filme.

Algo importante a ressaltar aqui é que o filme não sexualiza a personagem em nenhum momento, bem diferente dos outros filmes. Apesar de ter seus medos e inseguranças, como qualquer ser humano, Charlie não desiste do que acredita e luta até o final para defender aqueles que ama.

Já o Bumblebee é um destaque a parte do filme. Realmente a cena é toda dele, desde sequências de ação e perseguição, até momentos fofos onde ele parece um cachorrinho ou uma criança descobrindo o mundo. É engraçado ver como uma máquina consegue encantar e mostrar tantos sentimentos.

Mas os fãs dos filmes anteriores de “Transformers” podem ficar decepcionados com o resultado final de “Bumblebee”. O longa não traz cenas megalomaníacas de ação e luta, ou centenas de explosões seguidas. A produção parece ser mais voltada para famílias que buscam entretenimento juntos, até por focar bastante na trama familiar de Charlie.

Mas existem momentos muito interessantes para quem gosta da franquia, como alguns Easter Eggs e cenas de outros Transformers e Decepticons. Apesar de não ser como os outros filmes, é uma produção que pode agradar aqueles que gostam das histórias em si. Principalmente pelo design dos robôs!

Como o filme se passa nos anos 1980, a trilha sonora não deixa nem um pouco a desejar! Cheia de clássicos da época que integram as cenas de forma bem fluída. Além de contar com canções da própria Hailee.

“Bumblebee” estreia no Brasil dia 25 de dezembro! Confira o trailer:

Deixe seu comentário