Feito para fãs, “Bohemian Rhapsody” vai emocionar com as músicas e nostalgia

Filme conta a história de Freddie Mercury e da banda Queen

Por: Gabriela Orsini | 05 novembro - 6:50 PM | comentários

“Bohemian Rhapsody” vai mexer com o coração dos fãs de Queen, fazer todo mundo cantar e se emocionar mais uma vez com as músicas da banda, mas mostra como é difícil contar toda essa história em apenas algumas horas.

O filme mostra todos os importantes momentos da banda, desde sua formação, em 1970, até a performance no Live Aid em 1985, ou seja, seis anos antes de Freddie Mercury falecer. Ou seja, são muitos anos e momentos para serem retratados no filme, e o tempo literalmente voa. Mas a história pessoal do vocalista é o que conduz a trama.

Acompanhamos de perto a intensidade com que ele viveu, com festas, drogas, sexo, e claro, muita música. Mas fica o questionamento se realmente vemos tudo o que teria para ser mostrado, e se realmente gostaríamos de ver isso. Afinal, ninguém quer deixar de gostar de um ídolo como Freddie, e “Bohemian Rhapsody” pode deixar alguns momentos de frustração com ele.

Mas a interpretação de Rami Malek, e principalmente a caracterização dele como Freddie é um dos pontos altos do filme. Fisicamente ele ficou impecável, caprichou nos trejeitos muito característicos do cantor, e quem teve a oportunidade de ver o Queen de perto pode confirmar que é como se Freddie Mercury tivesse voltado a vida.

Um fato curioso é que Malek optou por dublar as músicas em vez de grava-las com sua voz, uma atitude muito sensata, já que é impossível deixar de lado a icônica voz de Freddie Mercury em um filme sobre sua vida e o Queen. Mas isso não atrapalha em nada, muito pelo contrário!

Os outros três membros da banda não ficam atrás. Gwilym Lee, é tão igual a Brian May que é fácil confundir os dois na tela! E Joseph Mazzello vive John Deacon, enquanto Ben Hardy interpreta Roger Taylor, ambos fazendo um ótimo trabalho também.

No geral, “Bohemian Rhapsody” é a homenagem ao Queen que os fãs sempre quiserem ver, com uma trilha sonora perfeita, fotografia lindíssima, e caracterização impecável de todos os personagens. Tem suas falhas como qualquer filme, mas dificilmente quem assistir não vai se emocionar e se divertir muito.

Confira o trailer abaixo:

Deixe seu comentário