Vizinha que relatou festa do filho de Doria diz ter sido coagida pelo Governador

"Ele desceu com esse dedo e falou assim: 'você está jogando um vídeo na internet? Foi você que fez?'", disse a vizinha

Por: Larissa Placca | 07 março - 20:59

Alessandra Maluf, vizinha que divulgou vídeo na noite de sexta (5) sobre festa na casa de João Doria Neto, filho do Governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse ter sido coagida pelo Governador e por sua assessoria.

“Pararam seis, oito carros pretos, ele desceu com esse dedo e falou assim: ‘você está jogando um vídeo na internet? Foi você que fez?’. Eu falei ‘pode ser, pode ser’. Aí ele veio ameaçadoramente.”

Foto: Reprodução

Na foto acima, supostamente, Doria fala com uma mulher. Segundo Alessandra Maluf, Doria a estava intimidando. De acordo com a assessoria de Doria, foi o momento em que ele pediu para que a vizinha diminuísse a musica. A Metropolitana fez uma matéria relatando esse momento, no qual  Doria afirma, por meio de sua assessoria, que as acusações são falsas .

Em vídeo divulgado no Twitter, Alessandra através de áudios conta que o Governador fingiu não saber da festa. “Ele fez um fake [dizendo] que não era o filho, só que assim, eu tenho provas de que era o filho, eu não quero dizer, mas tem uma pessoa que estava na festa. Tem balada ai toda semana, ontem também, o menino não tá nem ai. Ele [Doria] sabe que tem essa balada. Dai ele ficou 15 minutos tentando abrir a porta, o João Doria fingindo que estava tentando entrar, foi tudo fake.”

Confira o vídeo na íntegra abaixo:

No áudio, a mulher conta também que a assessoria de Doria a procurou no dia seguinte, sábado (6) “hoje o assessor me disse que eu tinha que colocar que era fake news ou eu ia responder por isso”. Alessandra afirmou que não vai voltar atrás no que ela disse no vídeo divulgado na sexta (5) e diz que tem provas sobre a festa organizada pelo filho do Governador.

O Governador João Doria (PSDB) decretou o retorno à fase vermelha em todo o Estado de São Paulo com início no sábado (5) e previsão de término no dia 19 de março.

A Redação da Metropolitana está tentando contato com Alessandra Maluf e com a assessoria do Governador João Doria para mais esclarecimentos sobre o ocorrido.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Doria nega que filho tenha feito festa e causado aglomeração

Manifestantes fecham a Marginal Tietê em protesto contra Doria

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você