STF retoma julgamento sobre suspeição de Moro nesta terça-feira (23)

Ministro Nunes Marques vai apresentar seu voto no julgamento

Por: Marina Correa de Genaro | 23 março - 14:43

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai retomar nesta terça-feira (23), o julgamento da ação que discute se o ex-juiz da Lava Jato, Sergio Moro, atuou de forma parcial nas condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O julgamento foi incluído na pauta pelo presidente da Segunda Turma, ministro Gilmar Mendes, depois de ser informado por Nunes Marques que devolveria seu voto, após duas semanas analisando o caso. O voto do ministro é considerado determinante.

Sergio Moro

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Nunes Marques, no início de março, pediu mais tempo para analisar a ação e o julgamento foi suspenso. Marques disse que o tempo foi extremamente curto para um ministro que não tinha conhecimentos como os demais para estudar o caso.

A análise do pedido feito pela defesa do ex-presidente começou no final de 2018, quando os ministros Edson Fachin, relator da Lava Jato, e Cármen Lúcia, votaram para considerar Moro imparcial na condução dos processos do ex-presidente.

O voto do ministro recém-chegado ao STF é considerado determinante porque vai desempatar julgamento que está em 2 a 2.

LEIA MAIS:

Aprovação no trabalho de Moro na Lava Jato cai de 65% para 45% em cinco anos

Fux recebe carta de políticos e artistas pedindo o julgamento de Moro no STF

Confira os últimos acontecimentos no estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você