STF dá prazo de 5 dias para que Bolsonaro detalhar cronograma de entrega de vacinas

Lewandowski determinou que o governo se manifeste em uma ação movida pela Rede Sustentabilidade sobre detalhes do cronograma

Por: Bianca Antunes | 21 abril - 16:04

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, deu prazo de cinco dias para o governo federal se manifestar em uma ação movida pela Rede Sustentabilidade sobre detalhes do cronograma de recebimento de vacinas contra a covid-19.

“Considerando a importância da matéria e a emergência de saúde pública decorrente do surto do coronavírus, solicitem-se prévias informações ao presidente da República e ao ministro de Estado da Saúde, no prazo de cinco dias, sobre os pedidos formulados”, determinou o ministro.

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski em sessão

Foto: Divulgação/Agência Brasil

Pedido de fornecimento de dados

Ainda no início deste mês, o deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG) entrou com um pedido na Justiça do Distrito Federal para que o Ministério da Saúde volte a fornecer todos os dados sobre o cronograma de entrega de vacinas contra a covid-19 no país.

No pedido, o deputado pede a inclusão, também, do número total de doses disponibilizadas diariamente, o número total de doses recebidas pelo governo federal e o número total de doses a serem recebidas mensalmente. Leia mais. 

LEIA TAMBÉM:

STF dá prazo de 10 dias para Bolsonaro justificar ameaças à imprensa

Alexandre de Moraes (STF) anula condenações contra Temer e Moreira Franco por incompetência da Justiça do RJ

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você